notícia

Fase artilheira

Bruno Silva pega gosto por marcar gols e cita liberdade que tem em campo como trunfo
Atualizado em 29-05-2017, 18:00

Nada de atacantes ou meias ofensivos. O artilheiro do Botafogo no Campeonato Brasileiro, até então, é um volante: Bruno Silva. Em três rodadas no torneio nacional, o jogador já balançou as redes dos adversários duas vezes e ajudou o Glorioso a vencer Ponte Preta e Bahia. Dono de papel fundamental na equipe, com a função de dar equilíbrio ao meio, desarmar jogadas e chegar na frente para concluir, o atleta acredita que a liberdade que tem em campo é o principal fator para que os gols apareçam.

- Acho que estou no caminho. O Jair me dá liberdade pra isso. Como já falei, não vou mudar minha forma de jogar. Sei da minha responsabilidade em campo. Sou um cara competitivo, não gosto de perder. É só acertar algumas coisas que atrapalharam, tirar como lição. O resto está tranquilo - disse.

Por outro lado, com atuações de destaque, a tendência é que a marcação aumente em cima do cabeça de área. Bruno Silva, no entanto, não teme que os rivais tentem neutralizar seu tipo de jogo e afirma que, caso encontre dificuldades, precisa saber improvisar para conseuir dar continuidade ás boas apresentações.

- Daqui a pouco os adversários vão ficar mais atentos, mas acho que não tem que mudar nada. Se está dando certo, vou continuar na mesma. Se a marcação aumentar tenho que pensar rápido pra sair dela. Acho que estou no caminho - analisou.

Desde que chegou ao Botafogo, no início de 2016, Bruno Silva já atuou em 75 oportunidades. De lá pra cá, marcou 10 vezes com a camisa alvinegro, incluindo gols importantes e decisivos, como o da classificação para a Conmebol Libertadores Bridgestone, na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, pela última rodada do Brasileirão do ano passado.

Fernando Morani