notícia

Absoluto

Gatito comemora primeiro lugar e não escolhe adversário nas oitavas da Libertadores
Atualizado em 26-05-2017, 18:45

O Botafogo fechou sua participação na fase de grupos da Conmebol Libertadores Bridgestone em grande estilo. Apesar da derrota por 1 a 0 para o Estudiantes, na Argentina, o Glorioso se manteve com a melhor equipe da chave e garantiu a primeira colocação. Feito que dá direito a decidir o confronto das oitavas de final em seus domínios. Vantagem importante sob o ponto de vista do elenco alvinegro.

O goleiro Gaito Fernández lembrou da campanha em todo o torneio internacional. De acordo com o jogador, a primeira e segunda fase da competição, diante de clubes tradicionais e em duelos mata-mata, serviram de experiência e deixaram calejados os atletas. Sendo assim, não escolhe adversário para a sequência e vê o time pronto para encarar de igual para igual qualquer rival.  

- Acho que estamos preparados para qualquer adversário. Não tem essa de escolher. Já enfrentamos grandes equipes e provamos nosso potencial. Então acho que estamos prontos, independente do time que vamos enfrentar. Se for time brasileiro, a vantagem é o conhecimento sobre a equipe, pela proximidade. Um time do exterior, requer mais estudo. Mas como falei, não temos preferência - disse.

Sobre o fato de ter alcançado a liderança depois de um revés, Gatito minimizou o resultado negativo e valorizou o trabalho feito a longo prazo no clube. Se por um lado a sorte jogou a favor, a competência durante a maior parte do torneio prevaleceu e acabou premiando o planejamento feito no início da temporada.

- Conseguimos o primeiro lugar do grupo. Foi com um pouco de sorte, mas com muito trabalho do grupo. O importante mesmo foi a classificação para as oitavas. Agora é esperar o adversário e seguir forte para continuar avançando - encerrou.

Fernando Morani