notícia

De casa

Joel Carli aproveita ambiente familiar para inspirar o Botafogo na busca pelo 1º lugar
Atualizado em 22-05-2017, 22:00

O Botafogo finalizou na tarde desta quarta-feira (24/05) a preparação para o duelo decisivo contra o Estudianes pela última rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores Bridgestone. De olho no 1º lugar no grupo A, o Alvinegro treinou no CT do River Plate, em Ezeiza.

Após a atividade comandada por Jair Ventura, o escolhido para falar com a imprensa foi o capitão alvinegro Joel Carli. Único argentino do elenco do Glorioso, Carli falou sobre estar em sua terra nata e como será voltar a jogar no Estádio do Quilmes (clube por onde jogou por 4 anos). 

- É uma sensação muito linda. Um pouco estranha mas boa e com muitas recordações positivas. Volto com um objetivo muito importante cumprido  pelo Botafogo e em busca de outro, então isso torna esse momento ainda mais gratificante.Então, vai ser muito especial poder voltar ao campo, após ter passado 4 anos no clube. Estar no meu pais, estar cercado da família e dos amigos, que sempre estão me apoiando é algo muito bom. - afirmou Joel.

Para chegar ao primeiro lugar do Grupo A e, consequentemente, adquirir uma vantagem de decidir em casa nas oitavas de final, o Botafogo precisará de um bom resultado frente ao Estudiantes e ainda ficar de olho no que acontecerá entre Atlético-COL e Barcelona-EQU. Ciente da qualidade do adversário. Carli falou sobre sua expectativa para o duelo.

- O Estudiantes é um time copeiro e com jogadores que possuem muita experiência. Já conversamos bastante a respeito de como pode ser a partida. Vamos jogar para conquistar os três pontos. Temos que tentar classificar em primeiro porque sabemos que há uma vantagem para as oitavas de final. A gente vem fazendo boas atuações como visitante e as partidas que tivemos na Libertadores fizeram com que o tieme amadurecesse, mas o futebol nos coloca a prova em todas as partidas e esse será um grande desafio. - disse.

Para o adversário, o jogo tem o seu valor para conquistar uma vaga na Copa Sul-americana e, além disso, o confronto de quinta também pode marcar a despedida de Véron dos gramados. Ciente, das dificuldades que podem ser impostas durante o embate, o zagueiro pede atenção com o veterano e acredita no bom trabalho feito como solução. 

- É um jogador muito importante, com uma pegada que poder fazer a diferença. Temos que fazer um bom trabalho para impedir que ele seja o protagonista da noite. Nós trabalhamos muito bem para poder enfrentar o Estudiantes. Estamos preparados. - finalizou o capitão.

Estudiantes e Botafogo entram em campo às 21h45, desta quinta-feira (25/05), no Estádio José Luis Meiszner, em Buenos Aires, pela Conmebol Libertadores Bridgestone.

ASSISTA A ENTREVISTA COMPLETA NA BOTAFOGO TV!

Fabio de Paula