notícia

Forte em todas as frentes

Bem na Libertadores, Botafogo chega à semifinal da Taça Rio com melhor campanha
Atualizado em 07-04-2017, 12:41

Os desafios do Botafogo foram grandes desde o começo do ano. Primeiro com o tempo reduzido na pré-temporada, seguido pelas decisões pela Pré-Libertadores. O Campeonato Estadual também começou e, mesmo com o grande volume de jogos e atenção dividida, a equipe de Jair Ventura conseguiu performar nas diferentes frentes. Bom caminho na Libertadores e a melhor campanha da Taça Rio. Combustível para enfrentar o Fluminense, pela semifinal, no domingo.

- Fico contente quando as coisas dão certo. A bola tem que entrar para provar que o trabalho dá certo, é uma realidade do futebol. Conseguimos ser competitivos na Libertadores e nos recuperamos no Estadual. Tivemos a melhor campanha da Taça Rio e agora vamos brigar pelo título - disse Jair Ventura, satisfeito com a doação dos atletas.

E a saga de Jair Ventura continua. Pela frente o Fluminense, mas sem esquecer da viagem seguida pela Libertadores da Colômbia para o Equador, com Atlético Nacional e Barcelona de Guayaquil como adversários. Preservar? Ir com o time principal? Dilemas que o professor prefere encarar e tratar todos os adversários com respeito.

- Primeiro a situação de sempre querer vencer. É um clássico, uma semifinal. Se formos campeões da Taça Rio não teremos vantagem alguma para o Estadual, mas queremos vencer sempre. Faremos dois jogos difíceis pela Libertadores, uma viagem casada. O Atlético Nacional é o Campeão da Libertadores, vendeu muitos jogadores, mas contratou outros também. Temos que respeitar. Não posso correr riscos como o que aconteceu com o Marcinho, por exemplo. Não só para a Libertadores, mas para o restante do ano. Vamos trabalhar para minimizar essas lesões e buscarmos os resultados - disse.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Jair Ventura:

MUDANÇAS NO DEPARTAMENTO MÉDICO

- A gente tem que se preocupar sempre com um pouco de cada, mas cada um tem a sua. Respondo ao campo-bola, uma decisão foi tomada e não quero me alongar sobre o assunto.

PAPO COM OS ATLETAS

- Essa conversa é para falar sobre a importância do que temos pela frente, de passar quem vai jogar ou não. É um papo que batemos na academia, mas hoje foi no campo. Uma situação normal no futebol.

JOGAR PARA GANHAR
 
- Trabalhamos, fechamos treinos e vamos jogar para perder? Não pode, somos profissionais.

COM QUEM CONTAR?

- A chance da volta do Luis ainda não, mas a do Carli sim ainda no primeiro jogo. Estou torcendo e falando sempre com o Departamento Médico para ver essa situação. Respeito muito todos os setores e espero as decisões para que eu possa usá-los ou não.

MARCELO

- A minha mulher falou ontem quando fomos jantar que também sou psicólogo. Não gosto de expor a situação dos meus atletas, é pessoal e já está sendo resolvido.

IMPROVISO NA LATERAL-DIREITA

- Você pode jogar com um cara fora da posição, mas quando está jogando ele assume aquela função. No sistema de três zagueiros também podemos liberar os alas, acho interessante, mas não temos muito tempo para treinar. No ano passado jogamos com mais de três sistemas diferentes. Podemos testar.

CAMILO

- A gente conversa. Com a chegada do Montillo nós mudamos o sistema para que continuasse jogando. Mudamos uma situação para ele jogar. Não deu muitos passes decisivos, mas foi importante. O futebol é um esporte coletivo, todos fazem parte. Atuou pela seleção pela esquerda e disse que foi bem. Acho que ele não vê problema e quer estar jogando. A gente não define quem vai sair ou entrar de qualquer forma, depende do time adversário.

PROGRAMAÇÃO

- Já está tudo traçado. Temos o Fluminense pela frente, um jogo muito difícil. Se vencermos a gente vê como vai ser. Não vamos abrir mão da final, mas primeiro temos que vencer.

EMERSON SANTOS

- O jogador está à disposição do treinador e pode ser utilizado sim. Já jogou como lateral também, é importante e pode nos ajudar.

Confira a galeria de fotos do treino desta sexta-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress!

 

Marcos Silva