notícia

Copa do Brasil Sub-20

Botafogo estreia contra a Ponte Preta na quinta-feira, às 15h, no Moisés Lucarelli
Atualizado em 04-04-2017, 21:50

A bola vai rolar para a garotada Sub-20 na Copa do Brasil da categoria! De olho no título inédito, o Glorioso iniciará sua caminhada na competição enfrentando a Ponte Preta, na quinta-feira (06/04), às 15h, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Como prevê o regulamento do campeonato, nessa primeira fase, o Botafogo pode eliminar o jogo da volta caso vença a equipe de São Paulo por dois ou mais gols de diferença.

Experiente, o treinador da equipe alvinegra Eduardo Barroca sabe que essa missão não será fácil, mas confia no trabalho de sua equipe para voltar ao Rio com o melhor resultado possível.

- Espero um confronto bem difícil. A Ponte Preta é uma equipe que tem uma boa estrutura e oferece boas condições de trabalho. Foi uma equipe que foi longe na Copa São Paulo desse ano. Espero um jogo bastante equilibrado na casa deles, mas tenho confiança que podemos fazer um grande jogo e voltar com o resultado que interessa para a gente. Todas as vezes que a nossa equipe foi submetida a jogos difíceis, ela sempre respondeu muito bem. respeitamos muito a Ponte, mas temos confiança em fazer um bom jogo lá. - disse.

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Conhecedor profundo e um estudioso de futebol, Barroca alerta para o nível de dificuldade imposto na Copa do Brasil e acredita que para uma boa campanha na competição o Glorioso precisará jogar sem margem para erros.

- A Copa do Brasil é uma competição muito peculiar, ela não te dá a chance de errar em nenhum momento. No ano passado, a gente fez um bom primeiro jogo e eliminou o Figueirense na partida de ida, mas contra o Atlético-MG em dois vacilos tomamos dois contra-ataques e acabamos fora mesmo fazendo também um bom jogo. Então, é um torneio que não podemos vacilar, o nível de concentração e de competitividade tem que ser alto. Não podemos dar chances para os adversários marcarem gols, o nosso índice de aproveitamento nas oportunidades criadas tem que ser alto porque se fizermos gols, botamos vantagem e damos um passo grande para avançar de fase. Então, agente precisa jogar dessa forma para poder chegar longe. - analisou Eduardo.

Fabio de Paula