notícia

Contem comigo

Recuperado, Camilo se coloca à disposição para enfrentar o Olimpia
Atualizado em 14-02-2017, 12:26

O Botafogo realizou o último treino antes do primeiro jogo contra o Olimpia, quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, pela Copa Libertadores. E a boa notícia ficou com a ida de Camilo ao gramado, que trabalhou ao lados dos companheiros de equipe e está recuperado das dores que o tirou da última partida. O meia concedeu entrevista coletiva e se colocou à disposição para mais uma batalha.

- Estou apto para jogar. Treinei hoje normalmente e a decisão agora fica com o Jair. Não tive uma lesão e estou 100% - disse.

A outra expectativa gira em torno da presença de Montillo no jogo. O meia argentino também treinou, mas ficará para a hora do jogo a confirmação de sua escalação. Camilo falou sobre o companheiro de equipe e aproveitou para valorizar o trabalho do departamento médico alvinegro.

- Acredito que o Montillo está fazendo de tudo para jogar. Está treinando. Fiquei muito triste por não poder jogar o último jogo. Quero agradecer ao departamento médico, que teve todo cuidado comigo para que eu tivesse condições agora. Assim foi ano passado para que eu fizesse mais de trinta partidas. Joguei com problema no ombro. O Botafogo conta com profissionais capacitados - frisou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Camilo:

CAMILO E MONTILLO JUNTOS?

- Esperamos que sim. Agora é contar com a decisão do Jair. Ambos estão concentrados e agora vamos aguardar a decisão para o jogo.

JOGO CONTRA O OLIMPIA

- É um jogo muito mais difícil. Temos que fazer um jogo concentrado e não nos empolgarmos com o jogo contra o Colo Colo. É procurar não abrir espaço e não sofrer gol para facilitar o jogo da volta.

DE OLHO NOS PARAGUAIOS

- É uma equipe que conta com bastantes jogadores de qualidade, com passagem pelo futebol brasileiro. Também o Roque, um cara conhecido. Estamos estudando a equipe deles para a melhor proposta amanhã.

PARA NÃO SOFRER GOLS

- Sabemos que é uma situação de trabalho em conjunto com todos os jogadores. É uma concentração a mais. Em jogos de mata mata a concentração tem de ser grande, sem brecha para o adversário. Esperamos mais um grande resultado e, se possível, sem sofrer gols.

VÍDEO SOBRE O ADVERSÁRIO

- Gosto muito, facilita o seu trabalho. Além de conhecer o adversário, a maneira que ser marcador te marca. Existe toda essa situação. Bom também para consertarmos os nossos erros. É desgastante, mas muito válido.

EXPECTATIVA GERAL

- Fazer meu trabalho. São duas vitórias aqui em casa, uma com a seleção e a outra pela Libertadores. A equipe está crescendo na parte física e tática também. Estamos mais encorpados e esperamos contar com a presença do torcedor mais uma vez para fazermos uma grande festa aqui.

JOEL CARLI

- O Carli é um grande líder, um dos nossos capitães. Sabemos o quanto é difícil ficar tanto tempo de fora e voltar numa partida como essa. Talvez pese na decisão do Jair. Mas o Carli é experiente. Temos que destacar o trabalho que Emerson e Marcelo estão fazendo na zaga também.

Marcos Silva