notícia

O ano do remo

Botafogo conquistou o tetracampeonato estadual de forma invicta
Atualizado em 28-12-2016, 13:45

O Remo do Botafogo teve um dos anos mais vitoriosos de sua história. Os atletas alcançaram o tetracampeonato estadual e o título brasileiro em diferentes categorias. No Rio de Janeiro, o feito inédito foi coroado com uma campanha invicta, onde o Glorioso venceu todas as quatro regatas.

Na primeira competição do ano, o Botafogo já mostrou que vinha forte. O Campeonato Brasileiro de Barcos Curtos aconteceu em abril e a conquista do título foi o abre-alas para um 2016 marcante.  De 16 provas disputadas, a equipe subiu ao topo do pódio em 10 vezes. Campeão com uma atuação impecável para dar moral ao clube na busca pelo tetracampeonato estadual.

De forma incontestável, o Botafogo foi campeão carioca de remo em 2016. Da primeira a última regata, nossos atletas desfilaram na Lagoa Rodrigo de Freitas e confirmaram seu favoritismo. Na primeira, em abril, 139 pontos contra 131 do Vasco e 83 do Flamengo. Na segunda, 169 para os alvinegros, 126 para os cruzmaltinos e 75 para os rubro-negros. A vantagem era consolidada em 76 pontos para o segundo colocado.

Com os dois resultados, o Fogão se aproximou muito do tetra e a terceira regata seria importantíssima para o sucesso. Em novembro, outra vitória e uma mão na taça. Dessa vez, a vantagem sobre o segundo colocado, Vasco, aumentou para 106 pontos faltando apenas uma regata. Na última, com tudo encaminhado para o título, o Botafogo confirmou seu feito e saiu como vencedor do dia mais uma vez. Agora, tetracampeão de remo de forma invicta e soberana.

No Campeonato Brasileiro de Junior e Sênior, em Outubro, o Botafogo voltou a mostrar sua força no cenário nacional: campeão com 13 medalhas de ouro enquanto o vice, Vasco, conquistou 6.

Os atletas do Glorioso também se destacaram internacionalmente. Lucas Verthein conseguiu o melhor resultado da história do Brasil no Mundial Junior. Ele ficou em terceiro na competição disputada na Holanda em agosto. Uncas Tales, também atleta do Glorioso, alcançou o 8º lugar na mesma prova, o Single Skiff. Feitos como esses, reforçam que o Botafogo tem hoje o melhor remo do país: base da seleção brasileira, tetracampeão estadual, campeão brasileiro e revelando novos talentos a cada ano.

LUCAS

O Técnico Principal do remo, o Xoxô analisou o ótimo momento do clube:

- Trabalhamos demais nos últimos anos, funcionários, dirigentes e atletas. Tivemos um 2016 maravilhoso e isso ficou comprovado com os resultados. Foi tudo fantástico. Formamos grandes atletas através do trabalho espetacular do Paulinho e também formamos grandes treinadores. Eu fui formado pelo Botafogo,por exemplo, e o Paulinho também, agora seguimos esse trabalho com novos profissionais.

Assessoria de Imprensa