notícia

Luto

Com passagem pela Chape, Camilo cita tristeza por tragédia e lamenta perda de amigos
Atualizado em 29-11-2016, 17:40

Angústia e tristeza. Foram com esses sentimentos que todo o país acordou, nesta terça-feira, após a trágica notícia do acidente de avião envolvendo a delegação da Chapecoense, que estava a caminho da Colômbia, para disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. No Botafogo, as providências não poderiam ser outras: treino cancelado e todos os atletas liberados, uma vez que não havia clima para trabalhar. Um jogador, no entanto, chegou bastante abalado ao clube. Camilo, que teve passagem de destaque pela Chape, estava muito sentido com o ocorrido.

Identificado com a equipe de Chapecó, o meia foi procurado pela imprensa. Mesmo chateado, o camisa 10 atendeu aos jornalistas em sua casa, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, e manifestou seus sentimentos a todas as pessoas envolvidas na tragédia, além de lamentar imensamente a perda de diversos amigos, envolvendo jogadores e membros da comissão técnica presentes no voo.

Confira os principais pontos da entrevista coletiva:


IMPACTO DA NOTÍCIA

- Estava indo para o treino quando soube. fiquei em choque, em pânico. Cheguei no clube e falei com o Jair que não tinha condições de treinar. Voltei para casa para ficar com a minha esposa, que está grávida, e ficou muito preocupada. A dor é a pior do mundo. Passa muita coisa na minha cabeça, antes de acertar com o Botafogo, estava com um pé para voltar à Chapecoense. -

CONTANTO COM OS ATLETAS

- Falei com eles depois do jogo contra o San Lorenzo. Em grupos de celular a gente sempre brinca. Falei que eram merecedores de tudo que estavam conquistando -

GRATIDÃO

- Eu devo muita à Chapecoense. Cheguei com uma lesão no clube e falei isso para eles. Me abraçaram e fizeram um contrato comigo. Em 2014, me deram toda a ajuda para demonstrar o meu futebol. Se estou aqui no Botafogo, é porque devo muito à Chapecoense -

MÁRIO SÉRGIO

- Me abraçou no Ceará em 2010. Era um cara que sempre falava a verdade. Fica os meus sentimentos para a família dele -

MENSAGEM DE APOIO

- Família Chapecó, vai todo o meu sentimento por todos aqueles que estiveram juntos de mim. Que eu possa levar um abraço para vocês e que Deus possa estar com ao lado de todo -

Assessoria de Imprensa