notícia

Decisão na Arena

Jair Ventura fala em jogo decisivo por Libertadores na despedida entre time e torcida
Atualizado em 25-11-2016, 12:11

O Botafogo atuará pela última vez na Arena Botafogo na partida diante da Ponte Preta, sábado, às 20h. O Glorioso ocupa a 6ª colocação e uma vitória diante da equipe paulista pode deixar bem encaminhada a classificação para a Copa Libertadores 2017. Para a partida decisiva o treinador Jair Ventura garante empenho total por um final de ano Glorioso como a torcida alvinegra merece.

- No futebol não existe segredo. Estamos muito focados e queremos muito. Olhamos nos olhos deles o foco e a importância dessa partida. O Botafogo é uma grande equipe e sabemos que temos que estar brigando sempre. Um time grande como o Botafogo não pode brigar na parte de baixo. Todos os jogadores sabem da importância, eu sei dessa importância e estamos muito focados mesmo para essa partida - destacou o treinador.

A Arena Botafogo foi um ganho e tanto para a equipe na competição nacional. Lá o Glorioso viu uma torcida que compareceu, apoiou em peso e somou 20 pontos em 30 disputados. Diante da Ponte Preta será a despedida e o treinado Jair Ventura aproveitou para convocar a galera alvinegra para a batalha.

- Esse ano a torcida tem nos apoiado. Os torcedores tem todo direito de nos vaiar e inclusive nos aplaudiram em algumas derrotas. A torcida não vê um time covarde e sim uma equipe que propõe o jogo. Desde o início do meu comando não tivemos um jogo que fomos "amassados". Todo ser humano gosta de reconhecimento e buscamos essa vitória para coroar essa parceria com nossa torcida - elogiou Jair.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva com Jair Ventura:

DESFALQUES SENTIDOS
 
- Queremos sempre a manutenção da equipe, é o sonho de todo treinador. E agora vamos para um jogo decisivo com cinco desfalques. Não é nada bom, mas sabemos da nossa responsabilidade. Aproveito para convocar a torcida, é nosso último jogo na Arena e faremos um grande jogo.

ARENA BOTAFOGO

- Foi uma aliada importante. Mérito do nosso presidente e temos consciência de todo esforço feito para consegui-lá. Esperamos que essa despedida seja com uma grande vitória. Certamente sentiremos saudade de lá.

QUEM JOGA?

- Não posso te dizer. Fecho o treino para vocês a semana toda e agora abro aqui? Não seria coerente. Falamos no futebol que quando mudamos alguma coisa é magnífico, quando dá errado é professor pardal. O Marcinho é um bom jogador, tem um cruzamento muito bom. É uma opção.

MARCINHO NA DIREITA?

- No nosso grupo quando esses meninos sobem e ficam muito tranquilos. Somos uma família aqui, ficamos mais juntos do que com a nossa. O Marcinho é um dos jovens que está aqui faz tempo, tem uma base, e conheço bem. Se jogar não será problema.

SEMANA NO CEFAT

- É difícil falar de um único fator que leva a vitória, mas é o sonho para todo treinador. Ficar aqui e ficar juntos com seus atletas. Temos que ficar juntos em todos os momentos. Foi uma ideia minha e não é nenhum castigo. Falei antes do jogo contra o Palmeiras. Precisávamos de um bom sono, alimentação... Não ganha jogo, mas ajuda bastante.

O BOTAFOGO É GIGANTE

- Se eu falar o que eu penso do Botafogo, não penso só em G-6, falo em título. É o time que mais cedeu jogadores para a seleção brasileira, é um clube gigante. Penso em títulos para esse clube, só G-6 é pensar pequeno.

JOGO ESTRATÉGICO CONTRA A PONTE

- Como foi contra o América(MG), times que não brigam mais, mas também não querem perder. Quando uma equipe não sai para jogar você sofre com os contra-ataques. Vão jogar no nosso erro e vamos propor o jogo dentro de casa. Temos que fazer o dever de casa. Essa atmosfera costumo passar para os atletas. O momento que estamos, o que eles querem na tabela. Foi uma semana diferente pela posição deles na tabela. Levo tudo isso em consideração.

RENOVAÇÃO

- Está bem encaminhado. O clube já me procurou e estou super satisfeito com o Botafogo. Só não fico com o Botafogo se ele não me quiser. Espero que esse casamento dure por muitos anos.

Confira a galeria de fotos de Vitor Silva / SS Press / Botafogo!

 

Marcos Silva