notícia

Início animador

Eduardo Hungaro avalia começo da pré-temporada e projeta grande ano no Botafogo
Atualizado em 06-01-2014, 12h15

A pré-temporada do Botafogo começou com tudo. Quem vê os treinos se impressiona com a intensidade das atividades e já percebe que este é o estilo do técnico Eduardo Hungaro. O comandante considera este início de ano positivo, como avaliou em entrevista coletiva nesta segunda-feira, após a reapresentação do segundo grupo de jogadores, os mais utilizados em 2013.

Estes atletas fizeram exames médicos, oftamológico (com a Dra. Taly Ajdelsztajn) e avaliações físicas. O grupo que já havia se reapresentando treinou forte no campo do CT João Saldanha. Após a atividade, Eduardo Hungaro conversou com os jornalistas presentes e explicou seus planos para a temporada.

Confira os principais trechos:

NOVA ROTINA

"Profissionalmente, mudou quase tudo, mas está sendo bastante prazeroso, um início animador. A torcida está sendo bem carinhosa e receptiva, em um primeiro contato bem legal. Pessoas comuns que amam o Botafogo são a razão de ser do clube. Eu, como treinador, tenho que tratar todos com carinho e respeito".

TIIME

"Cabeça de treinador nunca para, tem que montar equipe, ver soluções e achar alternativas para pensar a estreia do Carioca e o jogo com o Deportivo Quito. Nossa vida é isso, para montar a melhor a equipe. Vamos trabalhar com planejamento, com bastante intensidade, conversando com os jogadores e comissão técnica, e estudando o adversário, para minimizar possibilidade de erro e entrar muito forte nesta disputa".

JOVENS

"Sem dúvida vamos continuar com essa filosofia. Mas temos um grupo muito jovem, já desde o ano passado.  Dória, Sassá, Sidney e Dedé, por exemplo, são ainda juniores. E a equipe de juniores é de jogadores que subiram recentemente, da safra de 95. O que acontece com esse grupo campeão carioca de 2011 é que vai precisar terminar processo de maturação, disputar partidas e competições para completar o ciclo. Ficaram muito tempo treinando para serem observados, não vão ser queimadas etapas. Mas a tendência é o Botafogo continuar esse trabalho de captação".

"A mescla é o caminho mais indicado. Esses meninos não completaram o ciclo de formação. Imaginar um time inteiro recém-saído dos juniores em  uma competição difícil é complicado. Essas contratações podem ser o fato diferencial para que os meninos sejam apoiados e completem o ciclo de formação. A ideia é ter duas equipes realmente. O time do jogo com o Deportivo Quito não vai fazer o primeiro jogo do Botafogo temporada, mas vai atuar antes da estreia na Libertadores".

REFORÇOS

"Estou participando, a diretoria não para de trabalhar, temos saído 22h do clube, tentando encontrar sempre as melhores opções no mercado. Vai acontecer, pela conversa que estamos tendo. Há situações sendo encaminhadas e, a não ser que haja algo inesperado, se concretizarão. A diretoria está agindo em condições mais à frente também, do setor ofensivo. Vamos ter um elenco equilibrado para o ano de 2014".

"O ideal é ter os jogadores o quanto antes, mas essa é a realidade do futebol brasileiro. O mercado leva a esse tipo de situação, temos que ter tranquilidade. Será preciso criar um modelo de jogo forte e bem definido com os jogadores que vamos ter".

ESQUEMA DE JOGO

"Não tenho preferência por nenhum sistema, temos que montar de acordo com os jogadores que temos. O que disse é que vamos ter alternativa, um plano B. Na hora que tivemos o elenco praticamente fechado, vamos ver os jogadores que temos e definir de acordo com a característica. O melhor sistema é o que se adapta bem aos jogadores."

TREINOS INTENSOS

"Esse trabalho não está tendo nenhum prejuízo na preparação física. Podendo unir as duas situações e não perder tempo, levamos vantagem. Foi tudo pensado e planejado. Estamos fazendo dessa forma e tenho certeza que, quanto antes inserir treinos com bola e modelo de jogo, mais adequado é".

Veja as melhores imagens da SS Press do treino desta segunda-feira pela manhã!



Danilo Santos