notícia

Sonho libertador

Das críticas ao G-5, Bruno Silva conta os dias para levar o Botafogo à Libertadores
Atualizado em 09-11-2016, 12:04

Um ano de muita sinceridade por parte da direção do Botafogo, que deixou claro desde o início que seria uma temporada de reestruturação e de manutenção na Série A. O time foi montado, o trabalho construído e o andamento mais que positivo. Os jogadores vestiram a camisa do Botafogo de fato, acreditaram e mais que isso, transformaram as críticas e a zona do rebaixamento em motivação para chegar ao G-5, zona que classifica o clube para a Copa Libertadores da América.

Restam quatro decisões para o sonho virar realidade e o assunto Libertadores é tratado com muita seriedade. A equipe já soma sete jogos de invencibilidade (5 vitórias e 2 empates) e se prepara para enfrentar a Chapecoense, quarta-feira, na Arena Botafogo, para se aproximar ainda mais da vaga. Um dos pilares da equipe e jogador que mais atuou na temporada, o volante Bruno Silva falou do momento decisivo para o Botafogo.

- Estamos muito motivados e confiantes. A Libertadores deixou de ser sonho e virou realidade. Estamos muito próximos. Não temos que ter vergonha em admitir isso. Temos que conquistar logo essa vaga. É o sonho de muitos disputar essa competição. Se vencermos a Chapecoense, daremos um passo muito grande - disse o volante.

Bruno também falou da cobrança que existe entre os jogadores, ponto fundamental para manter alta a competitividade da equipe na reta final do Brasileirão e coroar de forma libertadora um ano de recuperação do brilho da estrela solitária.

- Nós somos humanos. Lógico que as críticas mexem com a gente. Mas foi mais a cobrança individual. Ninguém gosta de perder. Nos unimos e nos cobramos. Eu não queria perder. A nossa conversa ajudou nessa reviravolta. Não deixamos cair depois que entramos na zona de conforto. Apesar de jovem, nossa equipe sabe segurar a responsabilidade - destacou Bruno Silva.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Bruno Silva:

SONHO REAL

Estamos muito motivados e confiantes. A Libertadores deixou de ser sonho e virou realidade. Estamos muito próximos. Não temos que ter vergonha em admitir isso. Temos que conquistar logo essa vaga. É o sonho de muitos disputar essa competição. Se vencermos a Chapecoense, daremos um passo muito grande.

MUITO PRÓXIMO

- No futebol, o céu e o inferno são muito próximos. A campanha do Botafogo valoriza todo mundo. Isso é normal.

CUIDADO E RESPONSABILIDADE

- Sou um cara que me cuido muito. Não sou mais um garoto. Sei o limite do meu corpo. Procuro treinar bem, fazer academia. Prefiro ajudar na marcação, que é minha função. Espero ajudar o Botafogo nessas quatro decisões.

ADVERSÁRIOS COM MAIS RESPEITO AO BOTAFOGO

- Não vejo como falta de eficácia. Acho que as equipes estão nos olhando com mais respeito. O Coritiba veio fechado contra nós. Estamos treinando finalizações. Segundo jogo que não marcamos. Mas o mérito é das equipes que estão nos enfrentando mais fechadas

PAUSA DE DEZ DIAS SEM JOGO

- Eu preferia estar jogando. Gosto de jogo quarta e domingo. Gosto sempre de estar jogando. Mas temos que respeitar o limite do nosso corpo. Mas preferia estar jogando

CHAPECOENSE SÓ NA LEMBRANÇA

- Tenho muitos amigos na Chapecoense. O grupo lá me acolheu. Lógico que torço para eles na Sul-Americana. Mas hoje defendo o Botafogo. Quando começar o jogo, estarei representando o Botafogo.

ADVERSÁRIO COMPLICADO

- Nesse momento, essa parada prejudica um pouco. Estamos numa sequência boa. Mas temos que focar no nosso objetivo. Sabemos que será um jogo difícil contra a Chapecoense. Eu e Camilo jogamos lá. É uma equipe chata de se enfrentar. Mas temos que buscar o nossos objetivo e buscar essa vaga na Libertadores o mais rápido o possível

REFORÇOS SEMPRE SÃO VÁLIDOS

- Reforços sempre são bons para somar. A Libertadores é uma competição muito difícil, de muito contato. Reforço sempre é valido. Não que nossa equipe não tenha condições, mas jogadores com experiência internacional sempre ajudam. Pode ser pro meio de campo. Confio no meu trabalho (risos). Sempre é bom, sempre ajuda.

Confira a galeria de fotos do treino desta quarta-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress/BFR!

 

Assessoria de Imprensa