notícia

Cartão de visitas

Botafogo vence o Ji-Paraná por 3 a 1 na estreia da Copa São Paulo Sub-20
Atualizado em 05-01-2014, 18h20

O ano de 2014 começou efetivamente para a equipe do Sub-20, que enfrentou o Ji-Paraná na primeira rodada do Grupo X e venceu por 3 a 1 no Estádio José Liberatti, em Osasco. Os gols do Alvinegro foram marcados por Rabello, Vinicius e Erick.

A vitória inaugural garantiu a liderança ao Botafogo no Grupo X, já que o Grêmio Osasco superou o Rio Branco (AC) por apenas 1 a 0. O Glorioso leva a vantagem no saldo de gols. A equipe voltará a campo na próxima quarta-feira, às 16h, diante do Rio Branco (AC), no Estádio José Liberatti.

O JOGO

A partida mal começou e o Ji-Paraná logo tentou aprontar em campo. No primeiro minuto a equipe de Rondônia chegou em cabeçada perigosa, mas parou na defesa segura do goleiro Douglas. O Glorioso respondeu com o recém-promovido Jhonson, que por pouco não acertou o ângulo do goleiro Patrick.

Os Garotos de Marechal iniciaram a blitz na área rondonense e Emerson por um triz não encobriu o goleirão. O Botafogo seguiu pressionando e marcou o primeiro gol aos 21, quando Erick cruzou pela esquerda, Andreazzi fez bela assistência de cabeça e Rabello, também pelo alto, empurrou para a rede de peixinho. 1 a 0 Fogão.

O Glorioso seguiu em alta e ampliou o placar no fim da primeira etapa em nova pressão. Aos 40, Juninho fez um salseiro na área adversária e viu o goleiro salvar com os pés. No lance seguinte, Jean cobrou escanteio na área, Emerson testou na trave e Vinicius, com calma, dominou e bateu no canto do goleiro. A bola ainda desviou no marcador e eliminou a chance de defesa. 2 a 0!

As equipes voltaram para a segunda etapa e o Ji-Paraná logo marcou. No primeiro minuto, o Glorioso sofreu o gol em contra-ataque veloz da equipe de Rondônia. 2 a 1.

A equipe não sentiu o gol e acreditou no seu estilo de jogo. Aos 10, Erick fez bela tabela com Moraes, invadiu a área e ampliou o placar em chute forte no canto esquerdo do goleiro. 3 a 1 e placar sacramentado.

A partir do terceiro gol o Botafogo dominou inteiramente a partida e não ampliou ainda mais o marcador devido as grandes intervenções do arqueiro Patrick, que parou lances como o belo chute de Juninho e a cabeçada com endereço certo de Emerson.

Botafogo: Douglas; Erick, Rabello, Emerson e Jean; Baiano (Fernandes), Andreazzi, Moraes e Jhonson; Vinicius (Jefferson) e Juninho (Marcelo).
Treinador: Alfredo Cintra

Ji-Paraná: Patrick; Lucas Marques, Ricardo, Júnior PM e Henrique; Neilton, Kenedy, Weltinho e Pablo; Jaílson e Yago
Treinador: Luciano de Almeida

Marcos Silva