notícia

Importante

Pimpão comemora tempo para treinar e crê em Botafogo inteiro fisicamente no sábado
Atualizado em 27-09-2016, 18:00

Foram 9 jogos em 26 dias. A sequência foi desgastante para o Botafogo. E após essa maratona, enfim, o Glorioso tem uma semana cheia de treinos. Oportunidade para o técnico Jair Ventura fazer ajustes no elenco, trabalhar jogadas e recuperar fisicamente os atletas antes da próxima rodada do Brasileirão, quando o Alvinegro enfrenta o Corinthians, na Arena Botafogo.

O atacante Rodrigo Pimpão acredita que o time pode tirar proveito deste momento, uma vez que mesmo no período em que o calendário de partidas estava mais apertado, a equipe apresentou um bom futebol e somou pontos. De acordo com o jogador, o momento serve para reconquistar o condicionamento dos jogadores e selecionar o melhor para entrar em campo.

- Uma semana cheia é sempre importante. Boa para trabalhar e aprimorar a parte física. O Jair vai ter tempo para analisar as opções do elenco. Tenho certeza que vai fazer as melhores escolhas e armar bem o time para a sequência - afirmou.

Pimpão, no entanto, não se apega somente aos bons resultados como referencia. Sereno, lembrou da última atuação em que, segundo sua ótica, o Botafogo rendeu menos do que o esperado. O atleta acredita que atuações como essa sirvam de motivação e aprendizado para corrigir erros.

- Temos que ter mais atenção, cuidado. Essa derrota serve de exemplo. Até para ajustarmos algumas questões. Criamos pouco. Então é trabalhar em cima disso e levantar a cabeça - disse.

No mais, projetou o duelo do fim de semana com a equipe paulista e pediu atenção para que o Glorioso saia vitorioso. Pimpão conta com o bom retrospecto na Arena Botafogo e com o apoio dos alvinegros, que têm feito a diferença nos jogos em casa.

- Temos que entrar focados. Um jogo em casa, fundamental. Viemos de um resultado negativo, então temos que recuperar de imediato. Concentração em cada dividida. Nada melhor do que um jogo desta grandeza. Contamos com a nossa torcida para fazermos uma grande partida - encerrou.

Fernando Morani