notícia

Trabalho não vai faltar

Jair trabalha forte a equipe no CEFAT e conta com todos por bons resultados
Atualizado em 26-08-2016, 14:44

O Botafogo treinou na manhã desta sexta-feira no CEFAT, em Várzea das Moças, visando a partida contra o Atlético Paranaense, segunda-feira, na Arena da Baixada. A atividade durou por quase duas horas e foi comandada de perto pelo treinador Jair Ventura. A imprensa teve acesso, mas não pôde filmar o trabalho. Privacidade importante para tentar surpreender o adversário e alcançar a meta da terceira vitória seguida no Brasileirão.

- Trabalhamos jogo a jogo e queremos vencer a próxima partida para distanciarmos o quanto antes da zona de rebaixamento. Fizemos dois bons jogos, duas vitórias e estamos só três pontos atrás da zona. Não tem nada definido e não pode haver zona de conforto. Fora de campo existe a hora de descontração, mas dentro dele é trabalho o tempo todo e forte para alcançarmos os nossos objetivos - frisou o treinador.

Confira na íntegra a entrevista coletiva do treinador Jair Ventura:

ELENCO À DISPOSIÇÃO

- Importantíssimo estarmos com todo elenco à disposição, amplia o nosso leque de variações e de mudança de sistema. Super benéfico.

O MODO JAIR VENTURA DE TRABALHAR

- Não é só intensidade. Todos tem intensidade, mas cada treinador tem a sua maneira e filosofia de trabalho. Não mudou nada, o Ricardo tinha a maneira dele de trabalhar e eu tenho a minha. Não mudou nada, está tudo igual.

NA CONVERSA TAMBÉM SE TREINA

- Conversamos bastante. Fizemos um treino na sala hoje, com um vídeo que vemos as coisas que temos a melhorar. Não é só no campo, mas também fora, conversando com um e outro para que entendam a importância do grupo. Teve uma atividade que trabalhei mais aqueles que não estão jogando, o banco de reforço. A gente tenta e temos que dar atenção ao grupo todo. Quem não joga hoje pode estar jogando amanhã. O Campeonato é longo, existem a lesões e vamos precisar. Vivemos um bom momento, sem lesões e sabemos a importância de contar com o grupo completo.

PERÍODO INTENSO DE JOGOS: 11 EM MENOS DE UM MÊS

- Não só por isso, mas por todo campeonato. Sabemos que quando todos estivermos preparados vamos conseguir melhores resultados. Ter uma semana cheia de trabalho não significa que vá vencer os jogos, mas facilita bastante conseguir passar as ideia por um melhor desempenho nas partidas. Vamos trabalhar mais nos vídeos agora, não dá sempre para ir ao campo. É a realidade do futebol brasileiro.

DE OLHO NO ATLÉTICO PARANAENSE

- É uma equipe que vive um momento delicado, vem de três derrotas no Brasileiro e uma na Copa do Brasil. Mas cada jogo é uma história e sabemos da dificuldade que é jogar lá. É um campo de grama sintética, isso dificulta bastante e vamos tentar nos adaptar a esse tipo de gramado para fazer um bom trabalho. Hoje molhamos bastante o gramado antes do treino para tentar simular essa situação. Mas é uma grama diferente e aqui no Rio não temos uma situação de campo parecida com a realidade da Arena da Baixada.

EMERSON E RENAN FONSECA: ZAGA MANTIDA

- Temos dois jogos sem sofrer gols e não tenho porque mudar. O Carli perdeu a posição por conta de uma lesão e agora está esperando o momento para voltar. É hora de esperar. Não só ele, como todos. É a meritocracia, o que estiver melhor vai jogar.

FASE GOLEADORA DE SASSÁ

- Fico feliz. Atacante vive de gols e eles começaram a sair. O Sassá teve uma lesão grave no cruzado, ficou seis meses afastado e ver a volta do profissional fazer o que mais ama é um momento especial na carreira e para aqueles que o acompanham.

AMIZADE ENTRE NEILTON E SASSÁ

- A amizade deles é uma coisa forte. O grupo todo é muito unido. Essa dupla vem casando bem dentro e fora de campo. Estão sempre juntos. São garotos, mas super profissionais dentro de campo e espero que essa dupla ainda ajude muito o Botafogo.

SEM COMPARAÇÕES

- É muito complicado fazer comparações. Os dois já conquistaram títulos importante, então vamos com calma para que o Sassá e o Neilton façam a história deles. Quem sabe possam até alcançar ou passar essa dupla que fez história pelo Botafogo.

CLIMA POSITIVO

- Vocês(jornalistas) são profissionais e sabem que quando as coisas estão bem fora do trabalho as coisas acontecem melhor. É importantíssimo, vivemos um momento fora extra-campo também.

CUIDADO ESPECIAL PARA EVITAR SUSPENSÕES?

- Não. Existem momentos da partida que é necessário fazer aquela falta tática. Caso aconteça nós confiamos no elenco para substituir o jogador. Paciência, vai para o próximo jogo.

Marcos Silva