notícia

Com novo treinador

Botafogo anuncia saída de Ricardo Gomes e efetivação de Jair Ventura
Atualizado em 13-08-2016, 11h00

O Botafogo de Futebol e Regatas tem uma mudança no comando técnico. Sai Ricardo Gomes, entra Jair Ventura. Até então auxiliar, o profissional foi efetivado como treinador. O anúncio foi realizado pela diretoria neste sábado, em General Severiano.

A Botafogo TV bateu um papo com Jair Ventura! Confira abaixo!


Com história de quase dez anos no Botafogo, filho do ídolo Jairzinho, técnico na base e interino em algumas oportunidades no profissional, Jair Ventura conta com total confiança no clube. Ele terá como auxiliares Felipe Conceição e Emilio Faro.

- Como é de conhecimento de todos, nosso técnico Ricardo Gomes foi convidado para trabalhar no São Paulo e nos deixou. Vida que segue. Nós escolhemos nosso auxiliar técnico Jair para comandar a equipe a partir de hoje. Já está integrado no sistema, conhece os jogadores, temos muita confiança no trabalho dele para nos tirar dessa situação incômoda. É ligado ao clube, está há muitos anos, foi técnico do sub-20, filho de um ídolo nosso. Temos muita confiança que o trabalho dele vai dar frutos em breve - destacou o Vice-Presidente de Futebol, Cacá Azeredo.

O Presidente Carlos Eduardo Pereira concedeu entrevista coletiva sobre diversos assuntos. Confira os principais trechos:

JAIR VENTURA COMO TÉCNICO

- A nossa intenção primeiro é transmitir a posição de forma oficial. Entendemos que é dinâmica do mercado. O trabalho da diretoria vai continuar, porque as bases serão mantidas. A opção foi pela consistência do trabalho porque o Jair e toda comissão conhecem a equipe. Um novo técnico levaria 60 dias para conhecer o elenco, seria um risco que o Botafogo não pode correr. Botafogo está no Z-4, mas com um jogo a menos, vencendo sai. Temos pela frente também a Copa do Brasil, precisamos manter o ritmo e não sofrer problema de continuidade. A expectativa é que a equipe entre com força total para enfrentar o São Paulo. Estamos confiantes em um bom resultado.

CONFIANÇA

- O grupo reagiu muito bem e se sentiu seguro. É muito importante nesse momento. Não estamos fazendo isso por falta de opção. No ano passado, o processo foi um pouco diferente. Foi uma decisão da diretoria. Nós entendíamos que o retorno da Série B para a A, essa transição, demandaria um profissional de mais experiência. Agora, nossa aposta é que o Jair seja o treinador, especialmente para o clube não viver mais um período de especulações. Isso não seria bom para o elenco, para a torcida, nem para o clube. O Jair é o treinador da equipe.

SAÍDA DE RICARDO GOMES

- Eu não deixaria o Botafogo nesse momento, mas sou torcedor. Sou Botafogo apaixonado. Entendo que o futebol é profissional. Procuramos, com toda tranquilidade, oferecemos o máximo que estava ao nosso alcance não só em remuneração, mas em condições de trabalho. Não houve nenhum pedido de reforços extra ou falha nossa de deixar de atender. Ele sai, deixa as portas abertas. É um momento delicado para o clube, mas tenho muita confiança no grupo que está vindo, no trabalho e no Conselho Diretor. Tenho certeza que vamos subir no campeonato e ir bem na Copa do Brasil.

ENFRENTAR O NOVO TIME DE RICARDO

- O jogo é contra o São Paulo, o Ricardo não estará à frente. Estará o interino em situação difícil, de saber que ele não será mais o treinador. Acho que entramos em vantagem nessa decisão. São coisas do futebol, que é cheio de sutilezas e detalhes. Tirar os dados positivos para fortalecer nosso grupo. Ganhar do São Paulo é sempre importante, rivalidade de muito tempo e de decisões. Vencer no Morumbi sempre tem um sabor especial.

OUTROS NOMES ESPECULADOS

- Não houve contato por parte do Botafogo com nenhum treinador. E não haverá daqui para a frente.

REAÇÃO DE JAIR

- Jair recebeu bem. Vem fazendo um trabalho muito bom. Eles sabem da importância que o Botafogo dá à formação de profissionais, não só jogadores. Felipe Conceição é outro, que vai trabalhar com ele. Apostamos muito na capacidade deles, em conjunto com o professor Antônio Lopes, que tem bagagem internacional e experiência muito grande. Em casa, o Jair conta com nada mais nada menos que o Jairzinho, que viveu como poucos o nosso clube, é um dos maiores ídolos da nossa história, sabe a importância dessa estrela e foi um artilheiro de nível internacional.

NOVAS MUDANÇAS

- Vamos provavelmente reforçar a comissão ao longo da próxima semana, esperamos anunciar uma volta importante. Dizemos à torcida do Botafogo que seguimos fazendo as avaliações, possíveis reforços e atentos ao mercado.

PROJEÇÃO PARA O BOTAFOGO

- O Botafogo foi prejudicado no primeiro turno por um número elevado de lesões e por não contar com o Estádio Nilton Santos, que era previsto. Tivemos dificuldades na montagem da Arena Botafogo, mas o desempenho mostra que a diretoria foi precisa em buscar um estádio no Rio de Janeiro. Torcida e jogadores reagiram bem. Foram duas vitórias e um empate. A Arena foi aquisição importante. Agora teremos condições de começar o segundo turno já com reforços mais bem entrosados e prontos para render mais no que do período de adaptação.

Danilo Santos