notícia

Ponte Preta 2 x 0 Botafogo

Fogão perde em Campinas e segue com 20 pontos no Brasileiro
Atualizado em 04-08-2016, 21h09

 

 

A noite foi da Ponte Preta. O Botafogo foi ao Estádio Moisés Lucarelli e acabou derrotado por 2 a 0, com gols de Willian Pottker e Reinaldo, um em cada tempo. Com o resultado, o Fogão segue com 20 pontos no Campeonato Brasileiro.

Como o jogo com o Grêmio foi adiado para 5 de setembro, na Arena Botafogo, o próximo compromisso é com o São Paulo, dia 14 de agosto, no Morumbi.

O JOGO

Em Campinas, o Botafogo teve dificuldades. A começar por Canales, que deslocou o ombro no início e teve de ser substituído, para a entrada de Vinicius. Antes, Sidão já havia espalmado chute perigoso de Maycon. E o Fogão quase tinha aberto o placar em um lance curioso: Renan Fonseca, fez lançamento longo, a bola quicou e encobriu o goleiro, mas Fábio Ferreira tirou quase em cima da linha, aos 5 minutos.

O jogo ficou truncado e disputado no meio-de-campo, com leve vantagem para a Ponte Preta. Aos 23, após lançamento, Sidão saiu da área e evitou a chegada de Roger. Aos 29, não teve jeito. Willian Pottker recebeu na entrada da área, girou e bateu, a bola ainda tocou na trave antes de entrar.

A resposta do Botafogo veio no lance seguinte, em que Camilo cruzou rasteiro, Vinicius e Fernandes tentaram, mas a zaga travou. No fim do primeiro tempo, veio uma pressão alvinegra. Aos 43, Luis Ricardo chegou ao fundo pela direita e bateu forte, cruzado, para Fernandes quase conseguir empurrar para o gol. Já aos 45, após escanteio cobrado pela esquerda, Bruno Silva ganhou no alto e finalizou, só que a zaga cortou a bola que ia entrando.

No segundo tempo, a Ponte voltou ameaçando. Aos 4, Rhayner fez a jogada e tocou para Wendell chutar para defesa de Sidão. O Botafogo tentou no jogo aéreo. Um cruzamento de Camilo passou por toda a área perigosamente, outro Vinicius cabeceou para fora.

As disputas no meio eram ríspidas, já que o árbitro Ricardo Marques Ribeiro dava poucas faltas no jogo. Isso causava choques que esfriavam a partida. Pior para o Botafogo, que tinha menos tempo para buscar o empate.

Aos 21, após boa troca de passes, Diogo cruzou da esquerda e Vinicius Tanque bateu para fora. Uma ótima chance veio aos 24, com falta para Camilo cobrar na entrada da área. A finalização, no canto do goleiro, passou perto. Também na bola parada, Camilo cruzou aos 32 e Vinicius cabeceou por cima.

O Botafogo tentava a reação, mas foi a Ponte Preta que marcou. Fábio Ferreira já havia cabeçada bola rente à trave, até que o lateral Reinaldo fez um belo de fora da área, para colocar 2 a 0 no placar e definir a partida.

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson e Diogo; Airton (Dudu Cearense), Bruno Silva, Fernandes (Leandrinho) e Camilo; Neilton e Canales (Vinicius). Técnico: Ricardo Gomes.

Danilo Santos