notícia

Amuleto do papai

Pequena Valentina "estreia" pelo Botafogo e se firma como pé-quente de Lindoso
Atualizado em 01-08-2016, 12:50

Da maternidade aos gramados o tempo de preparação foi curto, menos de dois meses, mas no futebol tudo começa cedo, até para a pequena Valentina, filha do volante Rodrigo Lindoso. Devidamente uniformizada e no colo do camisa 5, a nova alvinegra do pedaço entrou em campo pela primeira vez com seu pai e provou ser pé-quente. Vitória por 3 a 1 sobre o Palmeiras com boa atuação e assistência de Lindoso.

- É minha primeira filha. Emoção grande. Estava na expectativa para que entrasse em campo contra o Flamengo, mas acabou não podendo por conta de um imprevisto. Agora ela entrou e acabei ficando sob pressão por conta da situação. Queria uma vitória para quando ela ficar mais entendida saber que me deu sorte no primeiro jogo. Foi perfeito pra mim e bom para o time que saiu com os três pontos - disse Lindoso, com um sorriso no rosto.

Lindosoesuafilha

Bem na vitória contra o então líder do Brasileirão, Lindoso valorizou a postura da equipe alvinegra. Para o atleta, o Glorioso foi bem em todos os aspectos e acabou premiado com mais uma vitória na Arena Botafogo.

- Individualmente já fizemos bons jogos, mas claro que quando o resultado positivo não vem o que fica em destaque são os erros. Essa vitória veio para dar moral, com muitos méritos individuais, mas claro que o foco é o grupo. Não foram só os gols lá na frente, mas quem defendeu lá atrás também foi importante. Nos fortalece para termos uma sequência boa no campeonato - destacou.

Na 18ª rodada o Glorioso terá pela frente a Ponte Preta, em Campinas. O Alvinegro ocupa a 14ª colocação com 20 pontos somados e uma vitória pode firmar a reação alvinegra na tabela. Lindoso falou sobre o confronto, não espera vida fácil, mas acredita que o Botafogo pode sair de lá com pontos na bagagem.

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/SSPress/BotafogoRodrigo Lindoso assistiu Neilton em seu primeiro gol no jogo (Foto: Vítor Silva/SSPress/BFR)

- Temos que respeitar o adversário, mas impor o nosso ritmo de jogo. Buscamos sempre a vitória e sabemos que é um jogo fora de casa, difícil, mas vamos trabalhar bem nesses dias e ver o que tivemos de bom e ruim para aprimorarmos. Estamos numa boa evolução e se mantermos o foco e evitarmos as bobeiras que vinham acontecendo lá atrás temos certeza que sairemos com pontos de lá - encerrou.

Marcos Silva