notícia

Encontro marcante

Campeão estadual em 89, ex-volante Vitor visita a sede do Botafogo pela primeira vez
Atualizado em 27-06-2016, 16:06

Após a vitória sobre o Internacional, no último domingo, o Botafogo se reapresentou nesta tarde, em General Severiano. E o treinamento do Glorioso contou com uma visita ilustre. O ex-volante Vitor, campeão carioca em 1989, esteve com sua família no CT João Saldanha para acompanhar o dia do Alvinegro. Pela primeira vez na sede do clube, já que em sua época os treinos eram realizados em Marechal Hermes, o ex-jogador, que aproveitou para reencontrar os amigos Antônio Lopes e Ricardo Gomes, não escondeu a emoção e agradeceu o tratamento recebido.

- Para mim é um momento muito especial, até pela recepção que tive aqui. O presidente Carlos Eduardo Pereira, a Assessoria de Imprensa, o pessoal do Marketing, todos me receberam muito bem. Realmente a satisfação é enorme. Vim para rever o Antônio Lopes, que foi meu treinador, o Ricardo Gomes, que é meu amigo, e ver o clube onde tive uma história bonita, marcante. E hoje ficou ainda mais marcante, por todo esse carinho que recebi - disse.

O ex-atleta também conheceu as dependências do Botafogo, visitou a sala de troféus, contou boas histórias e fez uma viagem pelo Túnel do Tempo, relembrando gols e jogos marcantes, além do principal título conquistado com a gloriosa camisa. Emocionado, comentou a sensação de dever cumprindo e reforçou sua dedicação enquanto atuou pelo Time da Estrela Solitária.

- Deu para matar a saudade e se emocionar. Ali no túnel do tempo, onde conta a história do clube, os títulos, a emoção foi muito grande. Depois de tantos anos, poder estar aqui e ser reconhecido pelo trabalho que fiz, pela minha entrega, não tem preço - contou.

           (Na Sala de Troféus, ex-volante Vitor posa ao lado da taça de 89. Foto: Danilo Santos)

Por fim, Vitor se despediu de todos os departamentos e fez projeções sobre o atual elenco alvinegro. O ex-jogador citou as dificuldades encontradas no início do Campeonato Brasileiro, mas afirmou que aos poucos o time vai chegar no seu melhor momento, acreditando em uma boa campanha.

- As coisas no Botafogo sempre foram difíceis. Como esta vitória de ontem, sobre o Internacional, sofrida até o fim. Mas acredito que a equipe está ganhando corpo e para a sequência do campeonato vai se acertar, acabando em uma posição digna das tradições do clube - encerrou.

         (Ex-jogador esteve com a sua família em General Severiano, na tarde desta segunda-feira. Foto: Danilo Santos)

Com 56 anos, Vitor atuou pelo Botafogo durante três temporadas: 1987, 1988 e 1989. Outro fato que marcou sua passagem pelo Glorioso foi o gol de empate marcado contra o Flamengo, no último lance da partida, no segundo turno do Campeonato Carioca de 89. O feito manteve o Alvinegro vivo na competição que, posteriormente, se tornaria campeão.

Fernando Morani