notícia

Bom de cabeça

Capitão do Sub-20, zagueiro Marcelo comemora gol importante na estreia do Brasileiro
Atualizado em 19-05-2016, 10:38

Na tarde de ontem (18/05), o Sub-20 do Botafogo estreou no Campeonato Brasileiro da categoria com um importante resultado. Após estar atrás no placar, o Glorioso conseguiu a virada sobre o Vitória/BA por 2 a 1 e saiu de campo com a liderança do Grupo A. 

O responsável por colocar a equipe alvinegra de volta no jogo foi o zagueirão e capitão Marcelo que, após falta cobrada por Victor Lindenberg, subiu de forma impressionante entre os marcadores adversários e marcou o gol de empate do Fogão, que viraria dois minutos depois com Mateus Jorge.

Feliz pelo gol marcado, o camisa 3 alvinegro comentou sobre a importância do triunfo na estreia, analisou o duelo e festejou o gol que recolocou o Botafogo no jogo.

- Essa vitória foi importante. Começar vencendo em um campeonato difícil como o Brasileiro é sempre bom e dá moral pra a equipe nos próximos jogos. A gente sabia que seria um jogo complicado, o time do Vitória-BA é bem organizado e possui bons jogadores, mas deu tudo certo e a vitória veio a nosso favor. Graças a Deus, fui feliz em acertar um belo cabeceio e pude colocar a equipe de volta ao jogo. Estou muito feliz! - contou Marcelo.

IMG_3806
Marcelo vibra com o seu gol de empate contra o Vitória/BA, que recolocou o Botafogo no jogo.

Marcelo, que já vem realizando alguns treinos no profissional alvinegro, mostra o porquê é o xerife e o capitão da equipe Sub-20, o jovem não se deixa amolecer e já está totalmente concentrado no próximo compromisso da competição contra o Figueirense fora de casa​

- Não podemos perder o foco. Vamos trabalhar duro durante essa semana para poder apresentar um bom futebol em Florianópolis. Vamos até lá sabendo que não será nada fácil, mas com certeza que vamos nos doar o máximo para voltar com um resultado positivo. - afirmou.

Figueirense e Botafogo se enfrentam pela segunda rodada do Brasileirão Sub-20, na próxima terça-feira (24/05), às 17h, no Estádio Orlando Scarpelli.

Fabio de Paula