notícia

Juazeirense 1 x 2 Botafogo

Fogão vence na Bahia e abre vantagem na Copa do Brasil
Atualizado em 12-05-2016, 21h06

 

 

O Botafogo começou a segunda fase da Copa do Brasil com vitória. Com apoio da torcida, o Fogão venceu o Juazeirense por 2 a 1, nesta quinta-feira, na Bahia. Os gols foram de Neilton e Emerson Silva. O jogo de volta será na próxima quinta-feira, no Estádio Los Larios.

Antes, o Botafogo volta seu foco para a estreia no Campeonato Brasileiro: é domingo, às 11h, contra o São Paulo, em Volta Redonda.

O JOGO

Mesmo às vésperas da estreia no Campeonato Brasileiro, o Botafogo não optou por entrar com time reserva. Apenas os jogadores mais desgastados foram preservados. Em campo, Ricardo Gomes pôs uma equipe ofensiva, mostrando que queria a vitória.

A primeira chance veio aos 5 minutos, quando Emerson Silva recebeu cruzamento e cabeceou, mas Tigre pegou. Aos 9, saiu o gol. Após jogada de Leandro, Neilton foi esperto para se livrar da marcação e tocar na saída do goleiro. Juazeirense 0 x 1 Botafogo!

Com o gol, o Botafogo inicialmente seguiu com o jogo controlado, sem sustos. Ainda quase teve boa oportunidade em lançamento longo para Salgueiro, porém o goleiro chegou antes. Até que o time da casa acordou, aumentou o ritmo e saiu para jogar. Nino Guerreiro tentou duas vezes, ambas sem sucesso.

Apesar o Juazeirense ter melhorado, era o Botafogo que estava mais perto do gol. Sassá mandou uma na rede pelo lado de fora e em outra obrigar o goleiro Tigre a espalmar.

Na etapa final, o Fogão rapidamente ampliou. Aos 4, cruzamento na área, Leandro ajeitou e Emerson Silva cabeceou para a rede: Juazeirense 0 x 2 Botafogo!

O resultado eliminava o time da casa, que teve de sair para o ataque. Aos 6, Everlan e Sassá pararam em grandes defesas de Jefferson em sequência. Contudo, o goleiro se machucou e deu lugar a Helton Leite.

O Botafogo, que quase chegou em chute de Sassá, travado, começou a ter mais dificuldades. O aviso veio aos 21, com bela finalização de Tony Galego no travessão. No minuto seguinte, Alex Travassos bateu falta venenosa e diminuiu o placar: 2 a 1.

Ricardo Gomes colocou Marquinho no lugar de Salgueiro. O Botafogo retomou o controle e voltou a ameaçar. Victor Luis cobrou falta de longe por cima, Sassá recebeu boa bola de Leandro e bateu forte de esquerda, o goleiro espalmou.

Já o Juazeirense era perigoso nas cobranças de falta de Alex Travassos, como uma aos 39, cheia de efeito, que Helton Leite espalmou por cima. Já aos 41, o goleiro fez grande defesa em chute forte de Tony Galego.

A grande chance para o Botafogo matar o confronto veio aos 45, quando Rodrigo Lindoso cruzou na medida, Luis Henrique cabeceou com força, mas o goleiro conseguiu rebater. Ficou para o jogo da volta, com o Fogão em vantagem.

BOTAFOGO: Jefferson (Helton Leite), Diego, Renan Fonseca, Emerson Silva e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Fernandes, Leandro e Salgueiro (Marquinho); Neilton e Sassá (Luis Henrique). Técnico: Ricardo Gomes.

Danilo Santos