notícia

Em busca da classificação

Ricardo Gomes reforça necessidade de vencer, mas quer time equilibrado no domingo
Atualizado em 22-04-2016, 13:00

A decisão de domingo, diante do Fluminense, às 19h, em Volta Redonda, se aproxima. O Botafogo, que precisa vencer para avançar à final do Campeonato Carioca, teve uma semana proveitosa de treinos e contou com o retorno de jogadores importantes - Emerson e Fernandes, recuperados de lesão, estão à disposição para o clássico.

Após o treinamento desta sexta-feira, o técnico Ricardo Gomes concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa Armando Nogueira. O comandante alvinegro, questionado sobre a preparação de sua equipe na semana que antecede a semifinal, afirmou que o Glorioso está ciente do que precisa fazer para vencer seu adversário. Precavido, projetou uma equipe ofensiva, no entanto, acredita que o equilíbrio em campo será fundamental para obter a vitória.

- Precisamos encontrar esse equilíbrio. A necessidade de vencer é nossa, mas não podemos entrar só para atacar contra o Fluminense. Temos a obrigação da vitória, mas precisamos jogar de forma equilibrada - frisou.  

Embora tenha indicado um possível time titular durante os coletivos realizados nos últimos dias, o treinador revelou que ainda há uma dúvida em relação à equipe que vai começar jogando. Aguardando uma avaliação sobre quanto tempo Fernandes deve aguentar em campo, Ricardo pode iniciar a partida com o volante, contudo, não descarta lançar o meia Leandro.

- A dúvida quanto ao Fernandes é de quanto tempo ele pode render. A partir daí vou definir se ele começa jogando ou não. Caso não comece, escalo dois meias ofensivos, com o Leandro começando. Vamos resolver amanhã, mas só vou revelar 45 minutos antes da partida - afirmou.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Ricardo Gomes:


DÚVIDA NO MEIO-CAMPO

Não, isso que foi visto foi um trabalho tático. No início da semana, treinamos a parte ofensiva. Hoje, demos mais atenção para a parte defensiva. Isso é normal. Não tem nenhuma indicação de escalação.

VANTAGEM DO ADVERSÁRIO

Imagina o inverso. A preparação do jogo não muda muito. Gostaríamos de ter a vantagem, mas não aconteceu. A preparação não varia muito. A equipe está equilibrada. Sabemos que o empate não nos serve. Então temos que atacar de maneira equilibrada e buscar o gol. Esse foi nosso trabalho durante a semana, estou bastante confiante.

ÊNFASE NA PARTE DEFENSIVA

Isso é o nosso dia a dia. Hoje trabalhamos um pouco menos, natural. O que treinamos bem durante a semana? A nossa deficiência, que é o último terço do campo. Então precisamos encontrar esse equilíbrio. A obrigação de vencer é nossa, mas não podemos entrar só para atacar contra o Fluminense. Temos a obrigação da vitória, mas precisamos entrar de forma equilibrada.

JOGOS CONTRA O FLUMINENSE

O Fluminense está diferente dos outros jogos. O Levir tinha acabado de assumir na última partida. Temos que estar muito mais confiantes em nossa campanha. Marcamos sempre um gol, pelo menos, por jogo. Em relação aos outros confrontos, vai ser diferente. O Fluminense evoluiu. Espero que seja diferente, mas com um bom resultado para o Botafogo.

ZAGA TITULAR

Importante. Recuperamos o Emerson. O Carli foi poupado hoje, mas não preocupa. Independente se o Fred joga ou não, temos que estar preparados.

VOLTA DE FERNANDES

Na minha cabeça o meio-campo é o principal. Eu gosto de dominar o adversário, se você não tiver um meio-campo coeso não domina ninguém. Tínhamos três volantes que sabiam atacar: Lindoso, Bruno Silva e Airton. Perdemos o Airton, coloquei o Fernandes, Depois perdi o Fernandes e precisei mudar o esquema. Mas a dúvida quanto ao Fernandes é de quanto tempo ele pode aguentar. A partir daí vou definir se ele começa jogando ou não. Caso não comece, escalo dois meias ofensivos. Vamos resolver amanhã, mas só vou revelar 45 minutos antes da partida.

POSSE DE BOLA X VELOCIDADE

Se puder aliar as duas coisas, ótimo. Para ser decisivo, precisamos de posse de bola e velocidade. Se não há infiltração, vamos ficar tocando a bola e uma hora vai perder. Então temos que equilibrar, o que não é fácil.

CONVERSA COM OS JOVENS

Depende dos jogos. Como eles (garotos) são formados no Botafogo, já conhecem o adversário de outras categorias. Então a conversa não tem nada de mais. Apenas concentração e atenção redobradas. Temos essa decisão e eles sabem que é para ganhar. independente da idade. A concentração é muito importante não apenas no jogo, mas a semana toda que antecede na partida.

EVOLUÇÃO DO FLUMINENSE COM LEVIR CULPI

O Eduardo Baptista chegou ao Fluminense pelo trabalho que realizou no Sport. Asuumiu no fim do ano e não deu liga. No futebol é preciso ter paciência. Depois veio o Levir, que teve esse respaldo. Ficou clara a evolução do Fluminense com o Levir. É relativo. Esse negócio de dar química varia de uma semana para outra. Somos todos seres humanos, inclusive os jogadores. Nem sempre o jogador faz tudo bem durante a semana e dá certo no jogo. Então com o Levir funcionou essa química.

LEANDRO GANHANDO ESPAÇO

Ele vem treinando muito bem. Desde a semana que antecedeu o jogo contra o Boavista. Está tudo relacionado. Eu não tinha o Fernandes no início da semana, mas ele voltou a treinar. Então só vou revelar 45 minutos antes da partida quem vai começar.

REFORÇOS

Viu que o Sassá está voltando? Já é um bom reforço. O Aquino ainda não foi apresentado, mas já está em período de avaliação. Mais um atacante chegando a parte ofensiva está resolvida.

SASSÁ NA COPA DO BRASIL

O Sassá vai ser relacionado, mas ainda não sei se começa jogando. Ele vai estar no jogo contra o Coruripe.

AIRTON AINDA NO CAMPEONATO CARIOCA

Depende de nós. Se chegarmos à final, pode ser que ele volte sim.

Confira a galeria de fotos do treino desta sexta-feira. Imagens de Vitor Silva / SS Press / Botafogo

 

Fernando Morani