notícia

Trilho certo

Sub-20 do Fogão vence Portuguesa por 2 a 0 e alcança segunda vitória na Taça GB
Atualizado em 04-02-2016, 15:15

A garotada Sub-20 do Botafogo segue repetindo a boa campanha do time principal no carioca. Na manhã dessa quinta-feira, os garotos de General derrotaram a Portuguesa por 2 a 0 no CEFAT, em Várzea das Moças. Os gols da partida foram de Mateus Jorge e um contra.

Com o resultado, o Alvinegro chegou a sua segunda vitória em dois jogos, acumulando 6 pontos na tabela. Na terceira rodada, a equipe enfrenta o Macaé, às 16h, novamente no CEFAT.

O JOGO

Sob um forte calor, as equipes entraram em campo dispostas a batalharem pela vitória. O Glorioso, vindo de uma goleada fora de casa sobre o Bangu, quis fazer valer o fator casa e foi para cima da Lusa, mas esbarrou na boa marcação adversária.

Em duelo bastante disputado no meio de campo, o Glorioso foi mais dominante durante o primeiro tempo, porém a Portuguesa pouco deixou espaços em sua linha defensiva. Kanu teve a única oportunidade clara da etapa inicial após bola alçada na área, mas o zagueiro mandou sobre o gol.

Na segunda etapa, as coisas pareciam que continuariam as mesmas. Durante os primeiros minutos, a equipe alvinegra só conseguiu uma nova chance quando Arruda, aos 10, arriscou de longe por cima da baliza.

Tentando vencer a retranca da Portuguesa, o treinador alvinegro Mauricio Souza mexeu no time e o deixou mais ofensivo. Arruda deu lugar a Mateus Jorge. As estrelas do técnico e do jovem brilharam juntas, pois aos 22, Lucas César cruzou pela direita, a bola passou por toda a área até chegar em Mateus Jorge, que não desperdiçou. Fogão 1 a 0 no placar!

Atrás no placar, a Portuguesa teve que se abrir e o Botafogo aproveitou. Yuri acertou o travessão aos 24 e um pouco depois, aos 27, Lucas César fez um novo cruzamento pela direita. A bola ia chegando em Renan Gorne, mas o zagueiro da Lusa antecipou e mandou contra a própria meta. Gol contra. BOTAFOGO 2 x 0 Portuguesa.

Sem tirar o pé, o Glorioso queria mais e continuou em cima. Mateus Jorge, em uma bomba da entrada da área, e Yuri, de falta, acertaram a trave e quase ampliaram o marcador já no fim.

Apito final. Vitória difícil, suada e desgastante. Uma prévia do que ainda estar por vir no restante da competição, mas o time alvinegro já mostra que está preparado para qualquer missão. 

Botafogo: Victor Hugo; Lucas César, Kanu, Marco e Victor; Arruda(Mateus Jorge), Buchecha, Alison(Rickson) e Yuri; Lucas Campos(Ezequiel) e Renan Gorne. Técnico: Mauricio Souza,

Fabio de Paula