notícia

De olho

Preparador Físico Ednilson Sena destaca logística alvinegra por menor desgaste
Atualizado em 10-11-2015, 15:58

O ano de 2016 tem sido de muitas viagens para o Botafogo, que esteve literalmente nos quatro cantos do Brasil em busca do retorno ao seu lugar: a elite do futebol brasileiro. Na reta final da competição, o Glorioso teve que enfrentar a viagem dupla para os compromissos contra Criciúma e Luverdense, uma longa distância planejada com cuidado visando o menor desgaste do time.

Atento ao condicionamento dos atletas, o preparador Físico Ednilson Sena valorizou a logística alvinegra, responsabilidade do Coordenador Administrativo Adriano Colares, que põe a mão na massa após entender as necessidades do time junto ao treinador Ricardo Gomes e toda a comissão técnica.

- Primeiramente quero parabenizar o Adriano pela logística que ele fez com competência. Seria uma viagem extenuante, mas mesmo tendo um pequeno desgaste, foi possível recuperar porque viajamos dois dias antes do jogo. Trabalhamos em cima da recuperação dos atletas, na alimentação com o nosso nutricionista Rodrigo Vilhena e também fazendo alguns trabalhos de recuperação. Além do descanso, que é fundamental. Sempre falo ao atleta da importância de recarregar as baterias para que possa ter combustível para desempenhar bem as funções táticas, técnicas e físicas - disse o preparador físico alvinegro.

Ednilson Sena encontra nas viagens um ambiente de trabalho bem diferente do oferecido no Estádio Nilton Santos. Além disso, o profissional não conta com o apoio dos demais profissionais da preparação alvinegra, que ficam no Rio trabalhando os atletas que não viajaram com o time.

- O que difere é que no Rio temos uma estrutura melhor e outros profissionais que trabalham nessa recuperação. Temos o Emilio Faro, o Felippe Capella, o Manoel Coutinho, o Alex Rites... Mais o que foi planejado aqui funciona, treinamos um pouco mais tarde para evitar o desgaste do sol e para deixar os jogadores mais descansados. Começamos a recuperação deles ainda em Criciúma, quando repousaram e foram poupados. Tudo isso deixa a equipe recuperada para jogar um bom futebol. Pode ter certeza que eles estão preparados para um bom desempenho no jogo de hoje - enfatizou o profissional.

Se essa não é a primeira longa viagem do Botafogo no ano, Ednilson Sena classifica como a mais bem planejada. O preparador físico leva em consideração as facilidades e, principalmente, o voo fretado pelo clube para reduzir o tempo de viagem. Cuidado vital para um bom descanso.

- Essa viagem é a mais distante porque vamos jogar em Lucas do Rio Verde após atuar em Criciúma, são mais ou menos 3.000 Km de distância... Essa foi a melhor logística pra mim devido ao planejamento que foi feito e ao clube, que proporcionou um voo fretado, o que evita a conexão e reduz o tempo de viagem. São diversos fatores que possibilitam um melhor trabalho. Podemos selar hoje o nosso maior objetivo do ano e coroar as várias viagens durante o ano que superamos. Todos os profissionais deram o seu melhor para que tudo caminhasse da melhor forma - encerrou.

Treino do Botafogo
Equipe alvinegra realizou o reconhecimento do gramado do Estádio Passo das Emas (Foto: Vítor Silva/SSPress)

O Botafogo enfrenta o Luverdense nesta terça-feira, às 21h30, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde(MT). O Glorioso lidera a Série B com 65 pontos e precisa apenas de uma vitória para garantir o acesso para a Série A.

Marcos Silva