notícia

Modificado

Ricardo Gomes não crava equipe, mas indica Botafogo diferente contra o Vitória
Atualizado em 04-09-2015, 13:40

O Botafogo encerrou a preparação para o jogo contra o Vitória, sábado, às 15h, no Barradão e segue para a Bahia com algumas mudanças. Sem Carleto, Neilton e Daniel Carvalho, que seguem no Rio em tratamento, o treinador Ricardo Gomes terá que modificar um pouco do estilo do time. A situação preocupa o treinador, mas não abala a confiança numa boa partida do Alvinegro.

- O Vitória é um grande clube e com um bom time. Será um jogo dificílimo e que valerá três pontos como os outros, mas que será diferente. Temos algumas mudanças e estou um pouco preocupado. O jogo contra o Atlético-GO serve como referência e temos que evoluir sempre - disse Ricardo Gomes.

Com pouco mais de um mês de trabalho, o treinador Ricardo Gomes levou novamente o Botafogo à liderança da Série B, mas também já passou pela desconfiança dos críticos. O comandante alvinegro minimizou e colocou como foco principal a resposta dos jogadores para o próprio grupo, o que influencia diretamente nos resultados e na tabela.

- Não temos que dar resposta aos críticos, e sim trabalhar bem. Sabemos que é um jogo importante contra um adversário direto. Contra o Atlético Goianiense tivemos um alívio e agora temos que ampliar a diferença na liderança, que por sinal é pequena. Temos que impor nossa técnica e as críticas não influenciam no meu trabalho. Cada um faz o seu - ressaltou.

Sem poder contar com Neilton, Carleto e Daniel Carvalho, Ricardo Gomes sente na pele o efeito de um calendário repleto de jogos e pouco tempo para trabalhar. O treinador já indicou que pretende fazer um rodízio na equipe e conta com a ajuda dos profissionais do clube para a pronta recuperação dos jogadores.

- Por mais que seja bem planejado, o calendário atrapalha e não há profissional gabaritado que segure. Se não acontecer em dois jogos, no terceiro o jogador vai estourar fisicamente. O Botafogo conta com grandes profissionais e eu os escuto. Mas com esse calendário fica complicado e o número de lesões no Brasil só aumenta por conta disso. Temos que superar - lamentou Ricardo.

Se por um lado os desfalques pesam, por outro o Glorioso pode contar com a força da sua categorias de base. Provável substituto de Carleto, o jovem lateral Jean foi elogiado pelo treinador, que enalteceu o trabalho feito na divisão de base alvinegra.

- É um jogador formado no Botafogo e com força para buscar a posição de titular. Temos além dele o Dierson(volante) e o Diego(lateral-direito). O Botafogo tem uma formação de atletas muito boa - elogiou.

Confira a galeria de fotos do treino desta sexta-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress!


Marcos Silva