notícia

Decisão em casa

Sub-20 empata em 2 a 2 com Madureira e fica a um novo empate da final da Taça Rio
Atualizado em 25-07-2015, 19:30

O primeiro tempo da decisão, que colocará uma equipe na final da Taça Rio Sub-20, terminou sem vencedores. Em Conselheiro Galvão, Botafogo e Madureira ficaram empatados em 2 a 2. Lucas Campos e Leandro marcaram os gols alvinegros no jogo.

Por ter feito a melhor campanha na primeira fase do torneio, o Glorioso pode até empatar no jogo de volta que garante a vaga na final da competição. A partida, provavelmente, acontecerá no estádio Nilton Santos, no domingo(02/08), às 15h. Ainda existem chances de mudanças.

O JOGO

Sob um tempo chuvoso e em um terreno irregular, as equipes já entraram em campo sabendo que o dia não seria nada fácil. O Botafogo, desfalcado por algumas peças, chegou com a melhor campanha da primeira fase, já o Madureira motivado por ter entrado como a surpresa entre os quatro semifinalistas.

Foi só a bola rolar para sair o primeiro gol da partida. Ligados e acelerados, os garotos do Fogão abriram o placar antes do primeiro minuto. Leandro sofreu falta, cobrou rápido por elevação na área para a infiltração de Lucas Campos entre os zagueiros. O meia dominou, tirou do goleiro e inaugurou o marcador. 1 a 0 FOGÃO!

Na mesma velocidade que saiu o gol alvinegro, saiu a resposta do time da casa. Aos 4, o Madureira empatou após chute cruzado pelo direito. 1 a 1 no placar.

A partida que parecia que seria elétrica durante todo o tempo, esfriou. As equipes se equipararam e lutavam bola a bola. Somente aos 26 houve um novo lance perigoso e pra infelicidade alvinegra, o tricolor suburbano conseguiu virar o jogo. Falta centrada na área, a bola desviou e Saulo pegou, mas no rebote não teve jeito. 2 a 1 Madureira.

Mesmo sofrendo o revés, o Alvinegro não deixou de lutar e foi em busca do empate. Ribamar e Yuri tentaram, mas o gol de empate saiu dos pés de leandro. O camisa 10 cobrou falta na entrada da área com muita categoria e inteligência no canto do goleiro aos 41, sem chances de defesa. BELO GOL! Madureira 2 a 2 BOTAFOGO.

Na segunda etapa, ambas a equipes buscaram a vitória, porém o destino parecia mesmo o empate. O madureira teve duas oportunidades, já o Glorioso teve chances de marcar com Lucas Campos, Marcinho e Rafael. Apesar da luta e da entrega dos times, a partida seguiu inalterada.

Fim. O primeiro tempo da decisão terminou igual, mas com uma leve vantagem para equipe alvinegra que precisa apenas de um novo empate dentro de casa para chegar à final da competição.

Botafogo: Saulo; Marcinho, Rabello, Jhonata e Yuri; Arruda, Mauro, Leandro(Kanu) e Lima(Paulo); Lucas Campos(Rafael) e Ribamar. Técnico: Mauricio Souza.

Fabio de Paula