notícia

Duque de Caxias 1 x 2 Botafogo

Glorioso vira no fim e chega a 11 pontos no Campeonato Carioca
Atualizado em 16-02-2014, 20h32

O Botafogo precisava vencer para se aproximar da zona de classificação no Campeonato Carioca Guaraviton e conseguiu, chegando a 11 pontos. Não foi fácil, mas o Glorioso mostrou poder de reação para virar o jogo no fim e vencer o Duque de Caxias por 2 a 1, neste domingo, no Estádio Raulino de Oliveira. Os gols foram de Ferreyra e Jorge Wagner.

O próximo adversário é o Volta Redonda, quinta-feira, às 19h30, no Maracanã.

GALERIA DE FOTOS (SS Press / BFR)




O JOGO

Como o próximo jogo pela Libertadores é apenas no dia 26, contra o Unión Española (CHUI), o técnico Eduardo Hungaro optou por escalar a equipe que tem atuado na competição. No primeiro tempo, ela foi segura, teve a posse de bola e esteve mais perto de marcar. O único susto foi um gol de mão de Gleisson, bem anulado.

A única mudança no Botafogo era a entrada de Dankler no lugar de Bolívar, suspenso. E foi justamente o zagueiro que teve a primeira chance. Após chute de Lodeiro, ele desviou para fora, quase da pequena área. Aos 16, Jorge Wagner cruzou e Ferreyra finalizou por cima.

Outra opção para o Botafogo eram os chutes de fora da área. Gabriel, Jorge Wagner, Edílson e Wallyson tentaram, mas sem sucesso. Na melhor chance na etapa inicial, Andrade fez grande defesa em finalização de El Tanque, que foi travado no rebote, aos 37.

No segundo tempo, o time alvinegro começou com maior intensidade e dominou a partida. Retrancado, o adversário se limitava a fechar os espaços para tentar segurar o empate ou um contra-ataque. Aos 13, em jogada bem trabalhada, Ferreyra cabeceou e Andrade evitou o gol novamente.

Eduardo Hungaro trocou Lodeiro e Marcelo Mattos por Junior Cesar e Bolatti. Pouco depois de entrar, o argentino teve oportunidade após passe de Edílson, mas a conclusão foi por cima. Aos 26, foi a vez de Jorge Wagner arriscar e Andrade pegar.

Aos 34, pareceu que tudo ia ficar mais complicado. Leandro Teixeira arriscou, a bola desviou em Dankler e Dória e entrou.

Já perto do fim do jogo, adversário retrancado, amarrando a partida, muitos diriam que não dava mais. Porém, o Botafogo não desistiu e foi atrás não apenas do empate, como da virada! Aos 39, em boa jogada de Jorge Wagner e Bolatti, Ferreyra colocou a igualdade no placar. Aos 44, El Tanque sofreu pênalti que Jorge Wagner converteu para dar a vitória ao Glorioso!

BOTAFOGO: Jefferson, Edilson, Dankler, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Bolatti), Gabriel (Henrique), Jorge Wagner e Lodeiro (Junior Cesar); Wallyson e Ferreyra. Técnico: Eduardo Hungaro.

Danilo Santos