notícia

Hora de chegar junto

René convoca a torcida para o jogo contra o Boa para ajudar o clube a se reerguer
Atualizado em 18-06-2015, 13:16

O Botafogo decidiu mudar a postura, trabalhar com afinco e fazer de tudo para voltar à elite do futebol nacional. O presidente Carlos Eduardo Pereira, mesmo diante das dificuldades financeiras, assumiu a responsabilidade de caminhar ao lado do time e honrar os compromissos. Para isso, algumas medidas são necessárias para seguir acertando e dar credibilidade ao trabalho.

Em entrevista coletiva, o treinador René Simões falou sobre a saída do volante Marcelo Mattos. Com perfil de liderança, o jogador deixa o Botafogo após 177 jogos com a camisa alvinegra.

- Não foi de uma hora para outra, vem desde a montagem da equipe. Estabelecemos o teto salarial do grupo e a exceção seria o Jefferson. Os outros dependeriam da busca do marketing por um patrocinador master para que o clube pudesse bancar o salário. Eu sabia que isso poderia acontecer. A diferença ficou assustadora e a situação financeira foi apertando. O presidente me disse que não daria mais porque não queria pagar metade de salários. Eu prefiro ter o salário em dia do grupo todo. Não aconteceu nada dos bastidores com o Mattos, foi apenas uma questão salarial. É um cara querido por todos e um dos primeiros a chegar aos treinos. O nosso time vai ter que se adaptar a isso, como já fez na ausência dele - afirmou René Simões, que lamenta a saída do jogador, mas entende a necessidade.

O Botafogo é o líder isolado da Série B e precisa do seu torcedor para seguir vencendo. São doze vitórias seguidas no Estádio Nilton Santos e um casamento inabalável com a torcida alvinegra. Ciente das dificuldades financeiras, o treinador René Simões reforçou o pedido para que o torcedor compareça diante do Boa Esporte, sexta-feira, às 21h50.

- Essa invencibilidade não passa na nossa cabeça. Passa apenas o gol e a Copa do Mundo das nossas vidas. Quero dizer aos torcedores que precisamos do apoio deles e que venham ao Estádio para ajudar o time a sair desse sufoco financeiro que estamos passando. Que isso sirva para dar sequência nessa onda positiva e que possamos ajudar o clube - convocou o treinador.

Marcos Silva