notícia

Todo pimpão

Novamente decisivo, atacante fala sobre boa fase e reitera desejo de seguir no Botafogo
Atualizado em 10-06-2015, 16:03

Rodrigo Pimpão é o artilheiro do Botafogo na Série B com quatro gols. Um bom desempenho somado aos mais de 90% de aproveitamento do Glorioso nas sete primeiras rodadas da competição. Pimpão está balançando as redes e, mais do que isso, de forma decisiva. O camisa 7 marcou contra Paysandu, Paraná, Mogi Mirim e Oeste e credita a boa fase ao conjunto alvinegro.

- Não digo que eu sou decisivo, mas sim que a minha equipe é decisiva. Se não fosse eles a bola não chegaria em mim. As coisas acontecem e você tem que estar preparado. Fico feliz por ter ajudado nesses três jogos fora de casa, que somamos três importantes pontos - disse Pimpão na reapresentação da equipe no Estádio Nilton Santos.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Rodrigo Pimpão:

GOLS IMPORTANTES FORA DE CASA


- Fazer um gol na partida fora de casa me lembrou o jogo contra o Paraná, quando estávamos com um a menos. Gols importantes marcam a história de qualquer jogador e espera ajudar muito e dar muitas alegrias para todos.

MELHOR FASE DA CARREIRA

- Acredito que vivo a melhor fase da minha carreira aqui no Botafogo nesses sete anos que estou como profissional. Isso vem da felicidade de estar aqui trabalhando e do apoio da minha família. Não há nada melhor do que estar em um lugar que você se sente bem.

DEDICAÇÃO MÁXIMA

- Quando entra em campo o jogador tem que estar confiante e preparado para o que vai fazer. Às vezes não vai bem no jogo, mas acaba fazendo o gol. Penso sempre em correr e me dedicar ao máximo para ajudar o time. É o conjunto que temos que valorizar.

O TIME A SER BATIDO

- A gente sabe que o Botafogo vai virar o alvo. Nós vamos ter que ter muita paciência para que isso não nos afete dentro de campo. Temos que ter a cabeça do lugar para não sair do foco que nós estamos.

FOCO NO BOTAFOGO

- No último jogo o pessoal estava assistindo o jogo, mas eles também estão observando outros jogadores. Estou com o Botafogo e o meu objetivo agora é esse. Se houver alguma proposta eu deixo nas mãos dos meus empresários e do clube. Minha cabeça está na Série B. Vim com o objetivo de ajudar o Botafogo e sabemos que quando as coisas estão boas acontecem propostas. Até agora não tem nada e eu estou focado apenas no Botafogo.

EXPERIÊNCIA NA SÉRIE B


- Já passei por várias situações na Série B, tanto como campeão ou brigando para não cair. Já passei por muita coisa na competição e sei que é muito difícil. A Série B é mais truncada e eu sempre tento passar um pouco do que eu já vivi para aqueles que estão começando a atuar. A gente tem que ter essa conversa e a nossa equipe é experiente, com vários jogadores que já atuaram na Série B. Não sou o expert em Série B, mas tento ajudar da melhor maneira possível.

FECHADOS COM O TREINADOR

- Sabíamos que não seria fácil. Tivemos uma pré-temporada muito forte e o René fechou o grupo. Quem chegou entendeu o trabalho dele e isso deu resultado no Campeonato Carioca e no início do Brasileiro. Mérito do grupo e de todos que trabalham com a gente, da comissão à rouparia.

TRABALHO FLUINDO

- A gente fica contente e sabemos que o trabalho está sendo bem feito não somente pelo treinador, mas com os jogadores entendendo o que eles tem passado para nós. Sabemos a importância dessas vitórias fora de casa para o decorrer do campeonato. É uma gordura que ganhamos para conseguir o nosso objetivo principal.

ESTILO DE JOGO

- O meu estilo é a velocidade, apesar de hoje em dia eu usar mais o corpo. No Japão eu joguei de centro avante, mas jogo mais pelas beiradas. Caso precise eu vou ajudar, mas nessa posição se joga muito de costas. Com essa carcaça aqui eu não vou aguentar muita coisa (risos).

DESEJO É SEGUIR NO FOGÃO

- Eu estou com as portas abertas esperando e se eu permanecer vou ficar muito feliz porque fui bem acolhidos por todos aqui. Sabemos que hoje eu tenho 27 anos e tenho que aproveitar as oportunidades. O Japão é um país que me trouxe muitas alegrias e minha família gosta muito, mas uma renovação com o Botafogo me deixaria muito feliz também.

FOLGA MERECIDA


- A gente sai um pouco da nossa rotina diária de só trabalho durante a semana. São dois dias de folga para dar atenção para a família, pegar uma praia... Eles merecem.

Marcos Silva