notícia

Alegria Duplicada

Pela Taça GB, Rhuan faz 4 e Sub-15 goleia Bangu por 7 a 1; Sub-17 também vence por 1 a 0
Atualizado em 23-05-2015, 21:05

A manhã deste sábado foi de felicidade multiplicada por dois para a garotada alvinegra. Jogando em casa, no CEFAT, em Várzea das Moças, o Botafogo venceu o Bangu em duas categorias. O Sub-15 aplicou uma goleada por 7 a 1 sobre o rival e chegou ao G4. Rhuan, por quarto vezes, Pablo, Barbosa e Glauber fizeram os gols do time. Já no Sub-17, a vitória foi por 1 a 0, com o gol solitário do atacante Igor Cássio.

Com os resultados, o Sub-15 chegou a 16 pontos e está na vice-liderança. O time Sub-17, com 13 pontos, está na sexta colocação empatado em números de pontos com o quarto e o quinto lugares, ficando atrás apenas pelo saldo de gols Ambas as equipes, no próximo sábado, enfrentam o Tigres do Brasil, em Los Larios.

Rhuan marca quarto vezes, Sub-15 goleia Bangu por 7 a 1 e alcança a vice-liderança da Taça GB


Com o objetivo de se firmar entre os quatro primeiros na tabela, a equipe alvinegro entrou em campo destinada a fazer gols e foi exatamente isso que aconteceu desde os minutos iniciais.

O show de bola na rede começou cedo. Logo aos 4 minutos, Rhuan fez boa jogada pela direita e cruzou para a Pablo, de cabeça, abrir o placar. Um pouco depois, Nahyson e Gustavo, arriscaram de longe e levaram perigo a gol banguense.

Mantendo a pressão, O Glorioso continuou em cima do adversário e Rhuan iniciou seu show particular aos 20. O meia recebeu bola esquerda, invadiu a área e bateu cruzado para fazer 2 a 0, Botafogo! Aos 29, Elivélton cruzou pela esquerda, Pablo escorou e Rhuan completou para anotar seu segundo no jogo. 3 a 0 no placar.

Ainda no fim da primeira etapa, Gustavo criou uma oportunidade em chute forte cruzado, mas que foi a direita da meta adversária. No intervalo, o técnico Phelipe Leal conversou com os meninos e encorajou a garotada a conseguir mais.

Porém, quem teve a primeira chance do segundo tempo foi o Bangu que, de pênalti, descontou aos 7. Como reposta rápida, o Alvinegro tratou de fazer mais. Pablo, aos 12, acetou um chute forte na trave e Barbosa apareceu para aproveitar o rebote. 4 a 1.

Já com uma boa vantagem no marcador, o time alvinegro mostrou que não se acomoda com resultados e seguiu na pressão. Aos 14, o quinto tento veio novamente com Rhuan. Luiz cruzou pela esquerda, Pablo finalizou bonito, o goleiro baguense pegou, mas no rebote o artilheiro iluminado não desperdiçou. 5 a 1. Aos 26, Elivélton cobrou falta rasteira na área, o zagueiro Glauber antecipou a zaga e desviou para fazer 6 a 1, Fogão.

Para fechar a conta, aos 28, Rhuan fez o sétimo tento alvinegro e seu quarto na partida. Zé levou para linha de fundo no lado direito e centrou a bola para o camisa 10, com o peito, completar para o fundo do gol. 7 a 1.

Após isso, o Botafogo seguiu com o controle da partida e placar seguiu sem se alterar até o fim. Fim de partida e vitória maiúscula que coloca a equipe alvinegra de vez na luta pelo topo da Taça GB.

Botafogo: André Juan;; Nhayson(Michel), Glauber, Pimenta(Bonvini) e Rufino(Luiz); Gustavo(Yago), Mateus Soares(Pedrinho), Elivelton e Rhuan, Barbosa(Zé) e Pablo(Pablo).Técnico: Phelipe Leal

Sub-17 vence Bangu por 1 a 0 e se aproxima do G4 na Taça Guanabara    

Após a bela campanha que culminou no vice-campeonato da Copa do Brasil 2015, o elenco principal segue no merecido descanso de recuperação para voltar com tudo na próxima rodada. Enquanto isso, uma mescla entre os reservas na partida da final nacional e atletas de um ano mais novo foram a campo na manhã deste sábado buscando a vitória.

O jogo começou equilibrado e com poucas chances claras de conclusão a gol. A primeira oportunidade só apareceu aos 8 minutos, quando Willian Cruzou pela direita, Digão escorou de cabeça para o meio e Igor Cássio apareceu batendo por cima da meta adversária. O atacante, aos 21, ainda criou uma outra boa jogada pelo meio, soltou o pé de longe e obrigou o arqueiro a buscar a bola no ângulo esquerdo.

Em jogada muito parecida, só que dessa vez em uma falta perfeita cobrada por Marlon, o goleiro da equipe visitante novamente foi buscar no ângulo e evitou o gol alvinegro. Aos 28, Igor Cássio foi ao fundo e rolou para chegada de Ezequiel vindo de trás, o atacante encheu o pé e acertou a trave do Bangu.

Mesmo dominando a partida e tendo controle das ações o Glorioso não conseguiu marcar e foi para o intervalo com um desejo grande de modificar essa configuração. O trenador Daniel Barboza acertou alguns pontos e pediu capricho na hora da conclusão.

Inflamados, a equipe alvinegra voltou a cem por hora e Igor Cássio quase marcou no primeiro minuto do segundo tempo. Demorou, mas o gol de Igor saiu. Aos 7 minutos, Bruno Ribeiro cobrou escanteio na cabeça do atacante que testou no chão e guardou. 1 a 0, Glorioso.

Já na frente, o Botafogo não diminuiu o ritmo de manteve a pressão ofensiva. Bruno Ribeiro e Igor Cássio, ainda tiveram boas oportunidades mas pararam na grande atuação do goleiro adversário. O Bangu buscou o empate e quase conseguiu, porém o goleiro Matheus Cabral fez ótima intervenção e garantiu o resultado.

No fim, Erick ainda teve chance de ampliar, mas concluiu sobre o gol, após jogada de Coutinho pela direita. Apito final. Excelente vitória para dar moral e incluir o time na briga pelas primeiras colocações da tabela.

Botafogo: Matheus Cabral; Wiilian, Gomes, Pedro e Digão; Marlon, Matteus(Siqueira), Tauan(Erick) e Gabriel(Bruno Ribeiro); Ezequiel(Lucas Barros) e Igor Cássio(Coutinho). Técnico: Daniel Barboza.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DAS PARTIDAS:



Fabio de Paula