notícia

Nota Oficial - Bebeto de Freitas

Esclarecimentos e correção sobre declarações de ex-Presidente
Atualizado em 20-05-2015, 10h40

As declarações do Sr. Bebeto de Freitas, publicadas no jornal "Extra" de 19 de maio do corrente, certamente merecem esclarecimentos e correção.

Antes, porém, não podemos deixar de externar nossa surpresa com sua reaparição já que, desde 2008, o Sr. Bebeto não é visto torcendo para o Botafogo. Sua ligação mais constante foi com o futebol mineiro, para onde seguiu quando terminava sua gestão.

Primeiramente, rebatemos a forma pejorativa com que afirma que os membros da atual gestão apoiaram o Sr. Maurício Assumpção.

É fato que alguns dos integrantes da atual Diretoria apoiaram o início da administração anterior, assim como é fato que todos se desvincularam dela em curto espaço de tempo, por discordarem da forma e dos propósitos do antigo Presidente.

O engano é lícito e demonstra boa-fé. A persistência é cumplicidade.

O quadro social, que também havia sido enganado, em 2014 também optou pela mudança.  Isto é democracia.

De todo o modo, a afirmação dita com ares puristas chega a ser risível, dado que o referido Sr. manifestou seu expresso apoio sendo integrante da Chapa Azul, igualmente apoiada pelo antigo gestor.

Dito isto, cumpre esclarecer que o referido ex-presidente Bebeto de Freitas foi condenado a pena de expulsão pela Junta de Julgamento e Recursos por má versação de verbas do Botafogo no valor de R$ 1,2 milhão, ainda sem explicação, comprovação e pendente de devolução aos cofres do Clube.   

Sua expulsão foi evitada, em virtude de apoio político obtido do grupo do Sr. Maurício Assumpção e reduzida pelo Conseho Deliberativo anterior para simples Advertência, registrados os votos contrários, dentre outros, do atual Presidente Carlos Eduardo Pereira.

Assim sendo, fica restabelecida a verdade dos fatos.

Botafogo de Futebol e Regatas