notícia

Somos capazes

Renan Fonseca lembra barreiras quebradas pelo Botafogo e acredita no título Estadual
Atualizado em 30-04-2015, 20:52

O Botafogo chegou na final do Campeonato Carioca com um time montado em apenas trinta dias. O trabalho foi duro, contínuo e aplicado com precisão. Veio a conquista da Taça Guanabara e a classificação final após duas batalhas contra o Fluminense. Diante da desconfiança de muitos o Glorioso cresceu e, mesmo com a desvantagem de 1 a 0 no placar para o Vasco, tem condições de ser campeão. E vai lutar para isso.

Presente em todos os jogos do Botafogo no Estadual, o zagueiro Renan Fonseca concedeu entrevista coletiva após o treino desta quinta-feira, que foi fechado para a imprensa. Confira os principais trechos das confiantes declarações do camisa 3:

UNIÃO IMPORTANTE

- A gente sempre frisou que a nossa maior força seria a nossa união e coletividade. Chegamos até aqui com a dedicação e o empenho de todos e temos colhido bons frutos.

UM TIME CONFIANTE

- Internamente a gente sempre acreditou no trabalho desde os primeiros jogos da Taça Guanabara e acho que já provamos na semifinal contra o Fluminense que temos condições de reverter o resultado. Sabemos que não vai ser fácil, é uma final de campeonato, a oportunidade de todos fazerem história. Estão todos concentrados e preparados para chegar no domingo, dar o nosso melhor e conseguir ser campeão.

VONTADE DE CRESCER

- Sempre acreditamos. O perfil do grupo é guerreiro, com os jogadores querendo crescer na profissão e isso ajuda bastante. Estamos sendo bastante solidários dentro de campo e fora dele todos somos amigos. Os resultados vão acontecendo naturalmente.

FORÇA TOTAL PARA FURAR O BLOQUEIO VASCAÍNO

- A equipe do Vasco é muito competitiva e difícil de jogar contra. A defesa deles tém méritos por estar sofrendo poucos gols, mas para gente só interessa a vitória. Vamos ter que arriscar mais um pouco. No primeiro jogo nós fomos bem, mas não conseguimos fazer o gol. Dessa vez é arriscar para furar o bloqueio deles.

DECISÃO NOS DETALHES

- Não existe jogo fácil. Todo jogo é decidido no detalhe, ainda mais na final, que o nível de dificuldade é autíssimo. Estamos ajustando os mínimos detalhes para que a gente não sofra gols e consiga marcar lá na frente. É o último jogo do campeonato e temos totais condições de vencer o jogo e sairmos campeões.

RESERVAS NA COPA DO BRASIL

- A atuação deles foi muito boa. O René tem a equipe que vem jogando, mas sempre orientado todos para que a gente tenha um padrão. O time trouxe um excelente resultado. Mas agora é pensar na final e esquecer o próximo jogo da Copa do Brasil.

COPA DO BRASIL EM SEGUNDO PLANO ATÉ DOMINGO


- A gente sempre fala que o próximo jogo é o mais importante e quando acabou o jogo contra o Vasco foi difícil. Não tinha como pensar na Copa do Brasil com uma final de campeonato pela frente. Torcemos pelos nossos companheiros que jogaram contra o Capivariano, mas a nossa cabeça sempre esteve no jogo da final. Foi bom para descansar e vamos chegar inteiros no jogo de domingo. É uma oportunidade grande para fazer história no Botafogo.

JEFFERSON

- O Jefferson é uma referência para nós. A gente fez um trabalho interesse em campo e o Jefferson trabalhou especificamente com os goleiros.

TREINOS FECHADOS

- Acho que esses treinos servem para fazer ajustes e uma jogada ensaiada. Algo para surpreender o adversário. É bem válido.

O PRAZER DE VESTIR O MANTO ALVINEGRO

- A gente tem o prazer enorme de vir para o clube todo dia trabalhar. Temos um grupo excelente e sempre estamos felizes. Mas é final de campeonato carioca. Estamos descontraídos e felizes por isso porque o duro é quando está brigando para não cair. Temos motivos de sobra para sermos felizes, mas ao mesmo tempo estamos concentrados para a partida decisiva.

VENCER OU VENCER  

- Para nós o único resultado que interessa é a vitória e vamos ter que arriscar mais um pouco. Pressionar para não deixar o Vasco em vantagem. Não é isso que a gente quer.

O TÍTULO É POSSÍVEL

- Nosso time sabe o que fazer em campo e a gente vem fazendo isso muito bem nas últimas partidas e ido para a briga, sem faltar disposição. Isso que faz um time ter chances de ser campeão e estamos no caminho certo.

Marcos Silva