notícia

Capivariano 1 x 2 Botafogo

Com gols de Sassá e Daniel Carvalho, Fogão vence na Copa do Brasil
Atualizado em 29-04-2015, 23:04

 

 



Em seu retorno ao futebol, Daniel Carvalho foi decisivo. O meia saiu do banco para marcar o gol da vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Capivariano, nesta quarta-feira, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Sassá fez o outro gol alvinegro.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, no Estádio Nilton Santos. Antes, o Botafogo se concentra na grande decisão do Campeonato Carioca, neste domingo, contra o Vasco.

O JOGO

Com a final do Campeonato Carioca pela frente, o Botafogo poupou jogadores e escalou um time alternativo contra o Capivariano. No início, nem parecia. A equipe alvinegra começou em cima, teve um pênalti não marcado sobre Sassá e abriu o placar aos 10. Em boa troca de passes, Andreazzi ajeitou, Diego tocou inteligentemente de cabeça para o meio e Sassá se antecipou ao goleiro para mandar de cabeça para as redes.

O Botafogo continuou melhor e teve chances para ampliar. Aos 22, Jean cruzou e Diego Jardel quase conseguiu a cabeça. Aos 31, Henrique chegou a marcar após belo lançamento de Airton, mas estava impedido. Aos 34, Gegê cobrou falta com perigo na barreira. O meia também tentou em outro chute de fora da área, defendido por Douglas.

No segundo tempo, porém, o Capivariano saiu para jogar, tentando melhorar sua situação no confronto. Rodolfo deu trabalho e obrigou Renan a fazer boa defesa, aos 4. Do outro lado, foi Henrique quem bateu bem, mas Douglas espalmou.

O jogo era administrado pelo Botafogo e tinha poucas oportunidades. Mas na bola parada o Capivariano achou seu gol. Após cruzamento da esquerda, Marlon subiu e cabeceou, vencendo Renan, aos 31.

Se o Capivariano assustou em chute de Oliveira bem defendido por Renan, foi o Botafogo quem voltou a ficar à frente no placar. E com Daniel Carvalho, em seu retorno ao futebol. Após boa jogada de Gegê, o meia acertou um voleio para fazer Botafogo 2 x 1, aos 39!

Com o resultado, o Fogão trouxe a vantagem para o Rio e ganhou mais moral para a decisão do Estadual.

BOTAFOGO: Renan; Diego, Emerson, Alisson e Jean; Airton (Dierson), Andreazzi, Diego Jardel (Daniel Caravlho) e Gegê; Sassá e Henrique (Tássio). Técnico: Alfredo Montesso.

Danilo Santos