notícia

Não tem por que duvidar

René elogia o Botafogo e mantém confiança na conquista do Estadual
Atualizado em 26-04-2015, 21:25

O Botafogo está um passo atrás na decisão do Estadual após perder para o Vasco por 1 a 0, no primeiro jogo da decisão, no Maracanã. Mas o título está longe de estar decidido e o Glorioso vai mais forte do que nunca para a batalha final, no próximo domingo.

Castigado com o gol nos acréscimos de Rafael Silva, após cobrança de falta estranha de Bernardo, o Botafogo jogou futebol, o que mantém o time confiante. Em entrevista coletiva, o treinador René Simões elogiou o Botafogo, principalmente a postura do time no primeiro tempo da decisão. O comandante acredita na recuperação para levar o título no último jogo. Alguém duvida desse Botafogo?

- Há alguns pontos positivos a serem destacados. Fisicamente a equipe foi esplêndida. e a coragem de jogar também foi sensacional. A equipe busca o gol o tempo todo. O resultado foi uma maldade, mas a beleza do futebol está exatamente aí, sabia? Gostei da equipe, foi melhor atuação dela no campeonato. Esteve todo o tempo bem organizada, com consciência tática, e o entendimento foi excepcional. Bom ver jogadores que não jogam por jogar, mas entendendo o jogo - destacou René.

Com a derrota no primeiro jogo da decisão a missão ficou mais difícil para o Botafogo, mas não impossível. O Glorioso, na semifinal, passou pelo Fluminense após um revés parecido no primeiro jogo. Imperou a superação, o que terá nova oportunidade de fazer no domingo que vem.

- Passamos pelo Fluminense também. Não acho uma grande vantagem. Pela primeira vez em 20 jogos o Botafogo não marcou um gol e deveria ter marcado. Saio machucado pelo resultado, mas com a felicidade de ver os times jogando. Saio daqui feliz de ver como os jogadores estão evoluindo e vão evoluir muito mais - comentou o treinador.

Não desmerecendo o Vasco, mas o resultado poderia ser diferente se o de sempre tivesse acontecido: gol do Botafogo. O Alvinegro havia marcado em todos os jogos do ano e acabou passando em branco no primeiro jogo. Oportunidades não faltaram, mas a bola teimou em entrar.

- O Botafogo acabou o jogo em cima do Vasco o tempo todo. Não teve problema físico. A equipe foi valente, muito bem. O que aconteceu hoje é que não fizemos o gol que sempre fazemos. Foram duas bolas na trave, e no lance do Bill foi inacreditável a bola não ter entrado. Ele fez tudo certo. Não tinha que ser, paciência. Saio satisfeito com a produção, mas triste com a derrota. O Vasco é um belíssimo time, mas temos esperança de reverter esse jogo - disse o treinador.

Confiante na recuperação dos seus comandados, René falou sobre o lance do gol vascaíno e deixou o duelo em aberto para os 90 minutos finais. Que vença o melhor.

- Achei que o time foi pego de surpresa com o erro do Bernardo, e o Vasco tem mesmo que comemorar. O futebol é desse jeito. Agora teremos mais 90 minutos e vamos trocar figurinhas até domingo que vem - finalizou.

Com o confronto pela Copa do Brasil durante a semana, os jogadores que atuaram diante do Vasco receberam folga na segunda-feira. A tendência é que o Alvinegro viaje com um time alternativo para a partida contra o Capivariano, quarta-feira, às 22h, na cidade paulista de Capivari.

Marcos Silva