notícia

Vivo no duelo

Tanque marca no fim, Sub-20 empata com Fla e decisão da Taça GB fica para 2º jogo
Atualizado em 25-04-2015, 22:04

Se neste domingo a final do Carioca começa para o Profissional alvinegro, a tarde deste sábado marcou os 90 minutos iniciais da decisão da Taça Guanabara Sub-20. No Estádio Nilton Santos, o Alvinegro empatou com o Flamengo por 2 a 2. Lima marcou o primeiro e Vinicius Tanque marcou um golaço no fim salvando o Glorioso e de quebra, o atacante ainda se isolou como o artilheiro do campeonato com 17 gols.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS:

 

 

O segundo e decisivo confronto acontece no próximo sábado, às 15h, na Gávea, Para levantar a taça, a equipe alvinegra precisa vencer a partida por qualquer resultado.

Carlos Eduardo Pereira, presidente do clube e o técnico da equipe principal René Simões estiveram presentes ao estádio e prestigiaram a partida. René, inclusive, acompanhou de perto a rotina da equipe dando apoio e incentivo aos meninos.

O JOGO

Frente a frente, as duas melhores equipes da Taça Guanabara, fato comprovado em números, estavam no gramado do Nilton Santos. O Botafogo com dois desfalques, Diego e Pachu suspensos, e o Flamengo sem Douglas Baggio.

Se nos números o confronto já era equilibrado, o que se viu no campo, foi um retrato das estatísticas. A equipe visitante foi a primeira a chegar aos 7 em um chute de longe para fora. Aos 13, o Glorioso teria uma chance clara de gol, mas Moraes foi derrubado dentro da área, porém o árbitro assinalou que havia sido fora. Leandro cobrou na barreira.

Jogando dentro de casa, a equipe alvinegra começou a obter mais volume de jogo. Aos 15, Vinicius Tanque recebeu e de calcanhar deixou Leandro na boa. O meia bateu forte cruzado e o goleiro Daniel se esticou todo para salvar o Flamengo. Aos 23, Moraes levantou bola na área e, por um triz, Rabello não conseguiu testar com força para marcar.

Matheus Sávio, aos 30, arriscou um chute aos 30, mas Saulo defendeu com segurança. Um pouco depois, Saulo foi obrigado a interferir outra vez após chute forte. No fim da primeira etapa, o Alvinegro trabalhou bem a bola mas não conseguiu concluir.

Na volta do intervalo, o Fogão voltou mais ligado e partida ficou bem mais movimentada. Orientados pelo comandante Mauricio Ferreira, os meninos alvinegros colocaram mais atitude e dedicação em campo. O resultado veio cedo. Logo aos 4, Lima completou cruzamento de Moraes e inaugurou o marcador. Botafogo 1 x 0 Flamengo.

Porém, mal deu tempo para a torcida alvinegra comemorar. Cafú, aos 9, empatou o jogo. Um pouco depois, o time rubro-negro ainda teve uma chance em um chute de longe. Após isso, o embate esfriou e as chances de ataque foram poucas.

No entanto, aos 36, o zagueiro Emerson tratou colocar fogo no jogo. Em de longe, o camisa 3 soltou a bomba e obrigou o goleiro rival a fazer grande defesa. Apesar disso, aos 39 minutos, o Glorioso sofreu um duro golpe. Thiago Santos virou a partida. Botafogo 1 x 2 Flamengo.

A partida ia para o seu final e após o revés, o Botafogo ia ficando em uma situação complicada para o segundo jogo fora de casa e foi nessa hora que brilhou a estrela de Vinicius Tanque, o carrasco rubro-negro na base. Gorne fez boa jogada e colocou a bola na cabeça de Rabello que concluiu na trave, no rebote lá estava ele, Vinicius Tanque emendou um lindo voleio e explodiu a galera de emoção. Golaço no último minuto que recolocou o Fogão vivo na final. 2 x 2 , no placar!

Fim de jogo. Apesar do resultado não ter sido o ideal, o gol de Tanque recolocou o Glorioso em boas condições para buscar a vitória e o título dentro da casa do adversário.

Botafogo: Saulo; Erick, Rabello, Emerson e Yuri; Dierson, Arruda(Renan Gorne), Leandro e Moraes(Paulo); Lima(Rafael) e Vinicius Tanque.
Técnico: Mauricio Ferreira

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS NAS IMAGENS DE VITOR SILVA/SS PRESS:


Fabio de Paula