notícia

Fome de título

Experiente, Mattos vê jovem time do Botafogo pronto para a decisão do Estadual
Atualizado em 23-04-2015, 19:41

O Botafogo tem fome, sede e pressa. A frase dita com frequência pelo treinador René Simões sintetiza o espírito do elenco não só no Estadual, mas para toda a temporada 2015. A primeira parte do trabalho foi concluída com êxito e o Glorioso, subestimado por muitos, chegou à decisão do Carioca com um time jovem, mas com vontade de vencer. Um dos líderes do Alvinegro, o volante Marcelo Mattos chamou a responsabilidade, concedeu entrevista coletiva e falou sobre a motivação do Botafogo para a final contra o Vasco.

- Talvez seja a primeira decisão de alguns jogadores e foi importante essa semana completa para trabalhar. Folgamos e descansamos alguns dias, mas já voltamos ao batente pensando na equipe do Vasco. Temos essa vantagem do empate, mas não vamos segurar isso debaixo do braço. Temos um jogo de 180 minutos - disse um dos capitães da equipe ao lado de Jefferson e Renan.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Marcelo Mattos:

UMA SEMANA PARA RECUPERAR AS FORÇAS

- Pra mim foi excelente e para o Pimpão também. Em um mês eu joguei apenas uma partida, contra o Barra Mansa, depois tomei uma pancada e fiquei de fora. Voltei numa semifinal, um jogo muito difícil e acabei desgastado.

CONFIANÇA NO TÍTULO

- O Vasco tem uma equipe que marca muito e não deixa espaço para jogar. Um time que se dedica desde o começo e conta com jogadores experientes. Nós temos uma equipe jovem, mas com fome e muita vontade de levantar esse caneco.

O BOTAFOGO É A SUA TORCIDA

- A torcida do Botafogo é primordial nesse ano, principalmente na Série B. Tenho certeza que o botafoguense está feliz com o que está sendo construído aqui. Estamos na final do Carioca deixando duas equipes fortes para trás. Vamos brigar por esse título.

PROFESSOR EM ALTA

- Em janeiro começamos com muitos jogadores novos, que pouco se conheciam, e o René teve uma participação muito grande para que o Botafogo chegasse na final do Carioca. Todos os nossos jogadores pensam em vencer na vida, mas nosso treinador tem um papel especial.

VONTADE DE VENCER

- Vejo no olhar dos jogadores que eles querem muito vencer. Vamos enfrentar um time experiente, mas que é possível superar.

CLÁSSICO DA AMIZADE

- Na questão da festa do torcedor é bacana ter esse clima tranquilo. Mas a hora que a bola rola cada um quer que a sua equipe vença. Vamos ter o apoio da arquibancada e que possa vencer o Botafogo.

A HORA DO SEGREDO

- Eu acho que tem momentos de fechar o treino para a imprensa. Conhecemos a equipe do Vasco e talvez eles estejam preparando uma surpresa para nós. Talvez o René feche um treino também até o fim da semana. É normal.

A VOLTA POR CIMA

- Com tudo que aconteceu no ano passado era normal todo mundo falar que o Botafogo não chegaria a lugar algum. Mas nós acreditamos que era possível estar na final. O Vasco também fez a parte dele e merece. O Botafogo está de parabéns pelo que fez no campeonato todo. Agora é focar nesses dois últimos jogos que pode render mais um título para nós.

Marcos Silva