notícia

Tudo definido

Em treino fechado à imprensa, René define o time contra o Fluminense e faz mistério
Atualizado em 17-04-2015, 20:24

O Botafogo fechou a preparação para o clássico contra o Fluminense, sábado, às 18h30, no Estádio Nilton Santos, válido pelo segundo jogo da semifinal do Estadual. Com o placar de 2 a 1 para o rival na partida de ida, o Glorioso terá de correr atrás do resultado. E está pronto para isso.

René Simões fechou grande parte da atividade e a imprensa só pôde obsevar a oração final dos atletas, prática comum antes dos jogos. Em entrevista coletiva, o treinador manteve a confiança no time e, apesar de não revelar, falou que o time pode ganhar "pernas novas" no clássico decisivo. Confira os principais trechos:

MUDANÇAS EM PAUTA

- Precisamos manter o padrão de jogo e ter pernas frescas em campo. Vamos fazer isso no time e colocar alguns que possam render alguma coisa no segundo tempo.

CONCENTRAÇÃO ANTECIPADA POR DESCANSO

Vamos fazer amanhã o nono jogo em 28 dias, espero não estar errado. Temos alguns jogadores aqui no limite, isso está sendo levado em consideração. Vocês viram como o time acabou o jogo contra o Botafogo-PB. A decisão da comissão técnica, de levar os jogadores para o hotel, foi por causa disso. Já dei uma dica.

JOGO NO NILTON SANTOS

A decisão de trazer o jogo para cá foi acertada. Pela parte técnica dei cambalhotas, pela parte financeira quem responde é o presidente. Ele disse que no Maracanã é preciso um público superior a 40 mil pessoas para poder começar a ter algum retorno.

PRÓS E CONTRAS

- Esse time do Fluminense ainda não jogou aqui no Estádio Nilton Santos. O time do Botafogo que entra em campo amanhã leva vantagem por jogar em casa e ter uma boa campanha aqui. Não perdemos em casa. Mas o Fluminense não jogou no meio da semana e eles vão entrar no jogo com a perna mais fresca.

GOSTO PELO GOL

- Me dá uma confiança de que é possível, acho que é a única equipe que fez gols em todos os jogos e me parece também que é o time que mais fez gols no Brasil. É positivo, mas temos que ter cuidado para não sofrer gols também.

AUSÊNCIA DE FRED

- O time do Fluminense fica agora numa incógnita na frente. Não sei se o jogo vai ser mais difícil ou mais fácil jogar sem o Fred.

PARA NÃO ERRAR MAIS

- Um conselheiro do Botafogo me disse que estava muito preocupado com a defesa e respondi que depende da escolha que se faz. Prefiro ganhar de 5 a 4 do que 1 a 0. Esse é o jeito de jogar do Botafogo. A nossa defesa não é ruim e a equipe está evoluindo bem dentro do que planejamos.

Marcos Silva