notícia

Dados de uma crescente

Sempre em campo, Arão soma bons indicadores e quer evoluir ainda mais
Atualizado em 07-04-2015, 12:00

René Simões deixou claro desde o início no Botafogo que precisava de um time trabalhador. E assim conseguiu. Com os testes feitos no começo da temporada boa parte do elenco teve oportunidade e dois atletas aproveitaram muito bem: o zagueiro Renan Fonseca e o volante Willian Arão estiveram em campo em todos os jogos do Glorioso em 2015 com atuações satisfatórias.

Renan se firmou na zaga, enquanto no meio-de-campo concorrido, Willian Arão achou o seu lugar. Elogiado por René Simões desde a pré-temporada pelo seu estilo de jogo cadenciado e romântico, diferente para um volante, o jovem de 23 anos destacou o trabalho do treinador no Botafogo e colocou como uma de suas metas um objetivo ainda não alcançado: o primeiro gol com a camisa alvinegra.

- É importante o reconhecimento do René pelo meu trabalho, estou desempenhando um bom papel e ainda tenho muito a crescer. Tenho conseguido ser regular e preciso fazer gol, é uma coisa que me cobro muito e tenho certeza que vai sair no momento certo. A confiança do treinador passa pela meu desempenho, né. Não adianta ser regular e não jogar bem. Agradeço e acredito que estou correspondendo, se não ele já teria me tirado - disse Arão.

Botafogo x Resende
Willian Arão busca o primeiro gol pelo Botafogo. Volante atuou em todos os jogos do Carioca. (Foto: Vítor Silva/SSPress)

Titular em todos os jogos do Estadual, Arão foi substituído apenas uma vez, na vitória por 4 a 0 diante do Bonsucesso, em jogo válido pela 3ª rodada. Com a ausência de Marcelo Mattos, lesionado, o volante já fez dupla com Fernandes, Dierson e até com Diego Giaretta, zagueiro improvisado na função que teve bom desempenho.

- Contamos com um elenco forte e estou muito feliz com a nossa primeira conquista no ano, que foi a classificação para a semifinal. Agora é pensar em ganhar esse jogo de quarta-feira contra o Macaé e até poder ser campeão - confia o volante.

INTERESSADO, ARÃO ACOMPANHA ESTATÍSTICAS E LIDERA QUESITOS


O Botafogo conta com um Departamento de Análise de Desempenho responsável por analisar os adversários e, principalmente os indicadores do Glorioso nos treinos e jogos. Os profissionais também municiam os atletas com dados de performance e quesitos específicos em campo, o que ajuda no crescimento do atleta.

Um dos mais interessados no sistema é o volante Willian Arão, que busca suas estatísticas em vídeo e até no intervalo dos jogos. O atleta tem um aproveitamento superior a 89% nos passes e lidera nos desarmes e recuperação de posse.

- No último jogo tive 90% de acerto nos passes, errando apenas três ou quatro. Mas não paro por aí e procuro sempre melhorar em cada aspecto, seja no passe, desarme ou finalização. Chegar aos 100% é difícil, mas treino para que eu possa minimizar cada erro - avalia o defensor.

Livre de lesões, Arão falou sobre os cuidados desenvolvidos dentro e fora do clube para que esteja sempre à disposição. O atleta acredita que é necessário abrir mão de algumas coisas para minimizar as chances de ficar de fora.

- Eu tenho um foco, um objetivo grande e para alcançar eu tenho que abrir mão de algumas coisas. É o cuidado extra-campo, chegar um pouco mais cedo para fazer um trabalho específico e um fortalecimento na academia, o cuidado com a alimentação... Devo essa sequência de jogos ao condicionamento físico. Está dando tudo certo e espero manter isso até o final - contou.

O Botafogo encerra a primeira fase do Estadual diante do Macaé, quarta-feira, às 22h, no Estádio Nilton Santos. Confiante na campanha, Arão promete que o empenho por um ano vitorioso está apenas começando.

- Tenho objetivos muito grandes na minha vida e no Botafogo e quero conquistá-los. Mas para isso eu tenho que ter pequenos objetivos e passar por cada jogo e campeonato que disputo. Me concentrei muito bem desde que cheguei no Botafogo e estou conseguindo fazer um bom começo de ano, com regularidade. Isso que me move - encerrou Arão.

Marcos Silva