notícia

Classificação merecida

René Simões elogia brio do time e comemora classificação antecipada para a semifinal
Atualizado em 05-04-2015, 20:40

O Botafogo é o primeiro time classificado para as semifinais do Campeonato Carioca. O Glorioso virou sobre o Madureira, goleou por 4 a 1 no Estádio Nilton Santos, e chegou aos 33 pontos. Satisfeito com o desempenho do Alvinegro, o treinador René Simões elogiou a equipe, principalmente pelo crescimento durante a competição.

- É claro que sonhávamos com a classificação e que o time tivesse um desempenho como está tendo, mas não poderíamos saber disso antecipadamente. Não temos bola de cristal. O Botafogo nunca foi terceiro colocado em toda a competição e isso é expressivo. Estamos muito felizes com isso porque montamos essa equipe com um DNA ofensivo. São quinze jogos marcando em todas as partidas e temos uma defesa pouquíssima vazada - ressaltou René.

O Botafogo venceu o Madureira por 4 a 1 e construiu o resultado no segundo tempo. René Simões elogiou o Tricolor Suburbano, adversário que endureceu o jogo e até saiu na frente no Estádio Nilton Santos, sofrendo a virada e goleada na etapa final.

- Nós jogamos contra uma equipe que tem que ser parabenizada. Como joga bonito o Madureira, um futebol de toque e organização. Eu sei que muita gente não vai gostar do que eu vou dizer, mas em termos de arrumação tática foi a equipe mais difícil que já enfrentamos - elogiou o treinador do Botafogo.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de René Simões:

UM NOVO BOTAFOGO NO SEGUNDO TEMPO

- Eu sabia que tínhamos que trocar essa chave e jogar mais leve. A entrada do Fernandes fechou o lado direito, foi muito bem. Além de ter uma técnica excepcional, é de uma inteligência tática muito importante. Nós merecemos esse resultado pelo segundo tempo que fizemos.

VOCAÇÃO OFENSIVA

- O Botafogo tem um DNA ofensivo e fizemos gols em todos os jogos do campeonato. Se você quer fazer gol não tem jeito e temos que ir para dentro do adversário. A zaga fica exposta dessa forma.

MORAL COM O PROFESSOR

- Nunca trabalhei com um elenco como esse. É excepcional. Vão gostar de trabalhar assim lá longe. Um grupo muito bom e determinado.

OPÇÕES PARA O MEIO-CAMPO

- O Fernandes tem entrado muito bem. O Elvis também vem subindo de produção, entra na área e tem um bom passe. É um jogador interessante e nós estamos ganhando oportunidades novas dentro de campo.

EQUIPE EM EVOLUÇÃO

- Nós estamos trocando o chip dos jogadores e isso demora um tempinho. Sorte a nossa que estão acontecendo os resultados, o que ajuda no trabalho. Temos trocado alguns tipos de treinamentos e aumentamos bastante o número de passes. Vamos continuar trabalhando para melhorar.

TRABALHAR PARA AJUSTAR OS DETALHES

- No Botafogo nós estabelecemos um padrão de nunca arrumar desculpas. Quando assumi o Botafogo eu sabia que o calendário era esse e tenho que me virar. Eu pego indicadores e baseio o meu treinamento em cima disso. Não tenho que dar rachão e nem brincadeira, e sim melhorar os indicadores. Temos trabalhado muito isso de forma diferenciada nos treinos para tentar resolver essa questão da defesa.

O QUEBRA-CABEÇA DE RENÉ


- É uma equipe nova e muito modificada em todos os jogos. Não me lembro qual foi a última vez que consegui manter o mesmo time. Não é uma desculpa. No vestiário fizemos algumas alterações e entendemos a forma de jogar hoje. Fechamos os lados do campo, conseguimos jogar e construímos um placar desse tamanho.

FORÇA TOTAL CONTRA O MACAÉ


- Fizemos um saldo positivo hoje em relação aos nossos concorrentes. Vamos atrás da vitória diante do Macaé, mas não vou antecipar a volta de ninguém por conta disso. Claro que eu queria colocar o Sassá no intervalo, mas não posso ir pelo emocional nessa hora. Ele fez um teste no vestiário e eu sabia que ele não poderia atuar um tempo inteiro. Coloquei o Sassá no fim do jogo para ele ter um gostinho.

DE OLHO NO MERCADO


- O professor Antônio Lopes tem um setor de inteligência e temos muitos jogadores mapeados. Na hora certa vamos divulgar isso e ver quem podemos trazer.

O Botafogo volta ao trabalho já na tarde desta segunda-feira, às 15h30, no Estádio Nilton Santos. O próximo compromisso do Glorioso será diante do Macaé, quarta-feira, novamente em casa.

Marcos Silva