notícia

Vasco 1 x 1 Botafogo

Glorioso reage, empata clássico no Maracanã e vai a 30 pontos
Atualizado em 29-03-2015, 17h57

 

 


Um clássico muito disputado, de boas chances e emoção até o fim. O Botafogo criou oportunidades, mostrou poder de reação e empatou em 1 a 1 com o Vasco, neste domingo, no Maracanã, chegando a 30 pontos no Campeonato Carioca. Roger Carvalho fez o gol alvinegro.

O próximo adversário é o Madureira, no próximo fim de semana, no Estádio Nilton Santos. Antes, o Fogão estreia na Copa do Brasil quarta-feira, contra o Botafogo-PB, em João Pessoa.

Vasco x Botafogo
Botafogo teve os patrocínios da Ricardo Eletro e da 99Taxis no clássico deste domingo


O JOGO

O Botafogo entrou em campo com diversos desfalques: Jefferson, Marcelo Mattos, Fernandes, Diego Jardel, Sassá e Rodrigo Pimpão. René Simões optou por Diego Giaretta e Gegê no meio-de-campo. Apesar de o Vasco ter iniciado melhor, não demorou para o Glorioso começar a levar perigo.

Aos 9, Renan Fonseca jogou a bola na área, Gilberto estava livre, mas não conseguiu o domínio. Pouco depois, Gegê errou passe para Jobson em bom contra-ataque. Aos 16, foi a vez de Thiago Carleto cobrar falta com efeito e obrigar Jordi a espalmar.

Em um lance incrível, o Botafogo quase abriu o placar aos 22. Cruzamento na área, Jobson tocou para o meio e Diego Giaretta, de cabeça, mandou no travessão. No rebote, Tomas chutou colocado, Jordi espalmou, Jobson e Bill quase aproveitaram o rebote. Em outra oportunidade, Giaretta dominou na entrada da área e soltou uma bomba por cima.

Porém, o ditado do futebol de quem não faz leva apareceu. O Vasco ameaçou com Julio dos Santos, em chute colocado para defesa de Renan, e chegou aos seu gol aos 43. Madson deu bonito passe em profundidade, Gilberto invadiu a área e bateu na saída de Renan.

Na etapa final, o Botafogo voltou com Elvis no lugar de Gegê e se lançou ao ataque em busca do empate. Que poderia ter saído aos 3, quando Gilberto, na área, tentou passe para Bill, mas a zaga cortou. No rebote, Willian Arão chutou para fora. Aos 6, Elvis foi ao fundo pela direita e cruzou, Anderson Salles cortou para trás.

De tanto insistir, o time comandado por René Simões conseguiu igualar o placar. Aos 7, Tomas cobrou escanteio da direita, Roger Carvalho cabeceou para vencer Jordi e Guiñazu, que estava sobre a linha. Vasco 1 x 1 Botafogo!

Com uma boa dinâmica no meio-de-campo, Elvis criou lances perigosos para o Botafogo, como uma enfiada de bola para Jobson, que foi travado por Jordi, em saída arrojada. Aos 25, Elvis clareou a jogada na entrada da área e bateu para fora, assustando o goleiro rival.

René Simões tirou Bill (que já tinha cartão) e Roger Carvalho (com dores), colocando Tássio e Alisson Brand. O jogo ficou equilibrado, mas novamente o Botafogo teve a oportunidade de marcar. Willian Arão puxou o contra-ataque, Jobson invadiu a área, driblou Rodrigo e finalizou rasteiro, para boa defesa de Jordi, aos 37.

No entanto, o time tinha um jogador no sacrifício, pois Tássio levou uma entrada dura e só permaneceu em campo para ajudar, porque não havia mais substituição. O Vasco também atacou e levou perigo em chute de Lucas, que desviou e passou perto. Mas o empate acabou sendo justo.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / BFR)




BOTAFOGO: Renan, Gilberto, Renan Fonseca, Roger Carvalho (Alisson Brand) e Thiago Carleto; Diego Giaretta, Willian Arão, Gegê (Elvis) e Tomas Bastos; Jobson e Bill (Tássio). Técnico: René Simões.

Danilo Santos