notícia

Barra Mansa 1 x 1 Botafogo

Fogão empata em Volta Redonda e vai a 29 pontos no Carioca
Atualizado em 25-03-2015, 21h30

 

 


Fora de casa e com desfalques, o Botafogo quebrou sua sequência de vitórias ao empatar em 1 a 1 com o Barra Mansa, nesta quarta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O time teve oportunidades de vencer e perdeu um pênalti, com Bill, nos minutos finais. Roger Carvalho fez o gol do Alvinegro, que vai a 29 pontos no Campeonato Carioca.

O próximo adversário é o Vasco, domingo, no Maracanã.

O JOGO


Com os desfalques de Jefferson, Gilberto, Thiago Carleto, Rodrigo Pimpão e Sassá, o Botafogo teve Fernandes improvisado na lateral direita, a estreia de Jean na esquerda, os retornos de Marcelo Mattos e Bill, além da manutenção de Renan no gol. Mesmo com todas as mudanças, o padrão tático foi mantido e o time soube construir o resultado no primeiro tempo.

O único susto foi um chute cruzado de Hudson com 30 segundos de jogo, mas o Botafogo logo tomou o controle das ações. Jobson bateu cruzado e Bill quase desviou de cabeça, Tomas arriscou de longe e obriou Tiago a espalmar, Jobson cruzou da esquerda e Thiagão quase fez contra. Isso em dez minutos. Pouco depois, Jobson tentou colocar na área, a bola bateu no braço do zagueiro, mas o árbitro mandou seguir.

Com personalidade, o jovem lateral-esquerdo Jean aparecia bem nos cruzamentos, como um em que quase deu para Bill aproveitar. Pelo alto veio o gol do Botafogo. Aos 27, Diego Jardel bateu escanteio, Jobson desviou e Roger Carvalho finalizou firme para abrir o placar. Barra Mansa 0 x 1 Botafogo!

O Fogão esteve perto de ampliar. Aos 35, Bill fez o pivô, Fernandes foi ao fundo e cruzou, Jobson já armava o voleio, mas a zaga cortou.

No segundo tempo, o Barra Mansa, precisando o resultado, se lançou ao ataque e passou a ameaçar o Botafogo. Em dois chutes de fora da área, Hudson obrigou Renan a espalmar por cima. René Simões mudou o time, com as entradas de Murilo e Gegê nos lugares de Diego Jardel e Tomas. Já com as alterações, quase veio o segundo aos 26. Gegê cobrou escanteio e Renan Fonseca cabeceou por cima, em boa chance.

Um dos destaques na vitória sobre a Cabofriense, Renan voltou a aparecer. Aos 26, ele salvou o Botafogo em boa defesa em cabeçada de Jefinho à queima-roupa. O goleiro, porém, nada pôde fazer aos 33. Após cruzamento da esquerda, Hudson chegou livre de cabeça para empatar o jogo.

O Botafogo ainda teve oportunidades para vencer o jogo. Primeiro, quando teve pênalti a seu favor aos 41. Porém, o goleiro defendeu a cobrança de Bill, que ainda desperdiçou o rebote. Aos 45, cruzamento na área, Renan Fonseca desviou e Willian Arão tocou para fora. No último lance de perigo, Jobson rolou, Bill podia bater, mas perdeu tempo e não conseguiu a conclusão. Ficou mesmo 1 a 1.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / BFR)




BOTAFOGO: Renan, Fernandes, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Jean (Diego Giaretta); Marcelo Mattos, Willian Arão, Diego Jardel (Murilo) e Tomas Bastos (Gegê); Jobson e Bill. Técnico: René Simões.

Danilo Santos