notícia

Suando a camisa

Sob forte calor, Sub-20 vence Bangu por 2 a 1 e segue 100% no carioca
Atualizado em 11-02-2015, 19:40

A garotada Sub-20 do Glorioso segue na sua missão rumo a bicampeonato estadual. Caminhando jogo a jogo, a equipe venceu mais uma batalha. Jogando no Estádio Eustáquio Marques, em Curicica, o Alvinegro venceu o Bangu por 2 a 1 e alcançou a quarta vitória em quatro jogos no torneio. Os gols que deram a vitória para o Botafogo foram marcados por Emerson e Rafael.

Durante o período de carnaval a equipe alvinegra seguirá sua rotina de treinamentos pesados visando a partida contra o Friburguense, na próxima quarta-feira, em Nova Friburgo.

O JOGO

Diferente das 3 primeiras partidas do campeonato, Botafogo x Bangu Sub-20 não foi preliminar a partida principal entre os times, porém o horário permaneceu os mesmo. Os jovens das duas equipes entraram em campo sob um forte calor e tiveram que suar a camisa de verdade para batalhar pelos três pontos.

Mesmo enfrentando adversidades como o calor e o gramado irregular, o Glorioso não se mostrou afetado. Logo aos 8 minutos, Vinicius Tanque fez jogada individual no meio e arriscou um chute colocado obrigando o goleiro rival a fazer uma brilhante defesa.

Com um início muito forte por parte do Botafogo, o Bangu não suportou muito tempo. Aos 15, Emerson cobrou falta com força na entrada da área, a bola desviou na barreira e entrou no ângulo do arqueiro banguense. Fogão 1 a 0 no placar.

Utilizando as jogadas trabalhadas pelos lados o campo o Botafogo levou perigo. Aos 24, em tabela entra Yuri e Leandro, o meia teve uma boa oportunidade de ampliar mas parou no bom goleiro do Bangu. Aos 31 veio a resposta do time da casa, em um chute cruzado pela direita Saulo se esticou todos e salvou o gol com as pontas dos dedos.

No fim da primeira etapa, Luiz Henrique também criou uma boa oportunidade ao finalizar da entrada da área mas a bola passou tirando tinta da trave.

Na volta do intervalo a equipe do Bangu voltou mais ligada e buscando o gol desde o início. O Botafogo manteve a postura cautelosa de troca de passes e posse de bola. Porém, a equipe banguense investiu bem ofensivamente, mas em suas tentativas parou sempre na segurança da zaga alvinegra.

Ao perceber uma oscilação da equipe alvinegra, o comandante Mauricio Ferreira alterou a equipe. Luiz Henrique deu lugar a Rafael. Aos 12, em uma de suas primeiras aparições no jogo, o meia já mostrou serviço. Após lançamento, Paulo ajeitou de cabeça para Rafael que invadiu a área e bateu por cima da meta. Aos 17, o Bangu também levou perigo em cobrança de falta que passou perto do gol de Saulo.

Bem no jogo, Rafael seguiu incomodando a defesa adversária. Dierson fez boa jogada pelo meio aos 21 e deu bom passe para o meia que avançou e bateu forte, mas o goleiro adversário conseguiu abafar o chute. No lance seguinte, não teve jeito. Rafael carregou a bola pelo meio, se livrou dos marcadores, invadiu a área e bateu rasteiro cruzado para ampliar o placar. Botafogo 2 x 0 Bangu.

No fim, Leandro ainda teve uma chance de aumentar para o Glorioso mas sem sucesso. No lance seguinte, o Bangu se aproveitou do contra-ataque e conseguiu descontar. 2 a 1 no placar. Rafael, no último minuto, quase marcou novamente, mas o placar seguiu inalterado.

Apito final. O Alvinegro mesmo não tendo uma atuação perfeita foi eficiente e somou mais três pontos rumo ao objetivo final. Avante, garotada. Rumo ao bi!

Botafogo: Saulo; Diego(Erick), Baiano, Emerson e Yuri; Dierson, Leandro, Gustavo e Paulo(Moraes); Vinicius Tanque e Luiz Henrique(Rafael).
Técnico: Mauricio Ferreira

Fabio de Paula