notícia

Agora sim

Bill se diz mais leve após balançar a rede e vê Botafogo em evolução
Atualizado em 09-02-2015, 19:30

Nada como um gol para alegrar a vida de um jogador, principalmente de um atacante. Após balançar a rede pela primeira vez com a camisa do Botafogo, Bill se diz mais tranquilo e relembrou sua meta firmada de 30 gols na temporada 2015.

- Estou mais confiante e muito feliz por ter marcado o meu primeiro gol com a camisa do Botafogo. Para quem falou que vai fazer 30 gols eu fiquei preocupado. Graças a Deus veio o primeiro e agora é deslanchar para os próximos - disse o atacante.

Bill marcou o segundo gol na vitória por 4 a 0 sobre o Bonsucesso e comemorou de uma forma especial. O atacante imitou o lance de Nilton Santos na Copa do Mundo de 1962, quando o eterno camisa 6 saiu da área com os braços levantados para não ter um pênalti marcado contra o Brasil.

- Na verdade muita gente na hora não entendeu, mas eu fiz pelo Nilton Santos, por aquele pênalti que ele fez e não fez(risos). Fiquei feliz por marcar o gol no estádio Nilton Santos e dedicar para ele. Pensei nessa comemoração uma semana antes - contou Bill.

Com o carnaval na porta, Bill sabe que o excesso na folia pode virar castigo nas mãos do preparador físico Marcelo Campello. Em seu primeiro carnaval no Rio de Janeiro, Bill não espera folga  e promete moderação por foco nos objetivos do grupo.

- Vamos passar o carnaval trabalhando. Ainda não foi nos passada a programação, mas sei que vamos trabalhar. Se der folga o Marcelo (Preparador Físico) arrebenta com a gente(risos). Gosto de ver os desfiles e, se der, vou estar lá para acompanhar - brincou Bill.

Mas antes da pausa nos jogos o Botafogo enfrentará o Bangu, quarta-feira, às 17h, no Estádio Los Lários, em Xerém. Bill reforçou a confiança para a partida e trata o jogo como uma Copa do Mundo para o Alvinegro.

- Estou Confiante desde o dia que eu cheguei aqui, por isso que vim para o Botafogo. Esse jogo é uma Copa do Mundo para nós e sabemos que podemos fazer uma boa partida - finalizou Bill.

Marcos Silva