Internacional 2x1 Botafogo

Botafogo perde jogo em lance confuso definido pelo VAR

Atualizado em 12-12-2020 às 21:15

O Botafogo fez jogo duro com o Internacional em Porto Alegre, mas acabou derrotado após lance confuso na segunda etapa. O time volta a campo no próximo sábado, contra o Coritiba, no Couto Pereira. 

O JOGO 

Com as duas equipes precisando do resultado positivo, o primeiro tempo foi movimentado em Porto Alegre. O Botafogo quebrava o ritmo do jogo trocando passes, enquanto o Internacional buscava o jogo mais vertical frente à defesa alvinegra. 

Até os 20 minutos, as melhores chances do Glorioso foram com Bruno Nazário em chute por cima de fora da área e falta cobrada que obrigou Marcelo Lomba a fazer boa defesa. O adversário respondeu com Yuri Alberto, que após bate rebate na área, bateu pra fora, e em  finalização de Thiago Galhardo, defendida em dois tempos por Cavalieri. 

Após insistir nos cruzamentos, o Botafogo chegou ao gol. Com 28, Zé Welison ganhou jogada na direita, cruzou e Pedro Raul cabeceou para as redes. O Colorado, por sua vez, não demorou a reagir. Moisés bateu na trave e, no rebote, Patrick completou para empatar o jogo aos 36.

Honda e Helerson desperdiçaram boas chances no último lance da primeira etapa. O Japonês entrou sozinho e esticou demais o passe de frente para o gol, enquanto o zagueiro aproveitou a sobra na área e bateu por cima. Intervalo e tudo igual no Beira-Rio. 

No segundo tempo o cenário começou parecido e equilibrado. Aos 10 minutos, depois de trama ofensiva em contra-ataque, Nazário recebeu de Pedro Raul na entrada da área e bateu colocado por cima. O Inter assustou em cabeçada de Yuri Alberto rente à trave.

Com 26 minutos, em lance confuso, Kevin devolveu a bola para cobrança de falta. A defesa alvinegra, parada e sem participar da jogada, se preparava para o reinício. Yuri Alberto se antecipou e mandou para o gol. O árbitro, chamado pelo VAR, entendeu que a bola estava em jogo e validou. 

A revolta tomou conta do Botafogo, que não se encontrou mais na partida. Ainda entraram em campo Éber Bessa, Matheus Babi, Rhuan e Kalou nas vagas de Nazário, Zé Welison, Warley e Pedro Raul, respectivamente. O time ainda buscou uma pressão em chutes de fora da área e cruzamentos, mas não teve sucesso. Final de jogo, 2 a 1 para o rival. 

BOTAFOGO: Cavalieri; Kevin, Kanu, Helerson e Victor Luis; Zé Welison (Babi); Caio Alexandre, Honda, Bruno Nazário (Éber Bessa) e Warley (Rhuan); Pedro Raul (Kalou). 

Fernando Morani


Norsk